Fonte: OpenWeather

    Festival de Parintins


    Anúncio de Festival de Parintins em novembro tem repercussão negativa

    Ao saberem da notícia, internautas afirmam ser contra a decisão dos bumbás e emitem opiniões sobre o assunto

    Internauta emitiram opiniões contrárias à realização do Festival
    Internauta emitiram opiniões contrárias à realização do Festival | Foto: reprodução

    Manaus - O anúncio da realização do Festival Folclórico de Parintins, anunciado pelos bumbás, na tarde de sexta-feira (10), repercutiu de forma negativa na internet. Torcedores e simpatizantes pela arte folclórico do Amazonas emitiram forte opinião sobre o assunto. 

    “Não deveria ter esse ano, assim como outros eventos que não ocorreram. Ao invés de gastar com o festival, deveriam investir em segurança, saúde e educação”, afirmou um internauta.

    “Gente que clima tem de realizar isso? Será que não respeitam nem as vidas que foram perdidas por essa doença, e quantas ainda estão passando dificuldades financeiras? Quantas perderam o emprego? Tem que investir esse dinheiro no que realmente importa agora, não em festa”, opinou. 

    | Foto:

    Além de serem contra a realização, os fatores contaminação e mortes pela Covid-19 em 2020, são destacados na maioria das falas dos internautas.

    “Acredito que não seja o momento para ter eventos de grande porte como esse. Milhares de pessoas se reúnem num local. O Festival é uma cultura nacional e não morrerá se ficar um ano sem ter. Vamos nos proteger do Coronavírus, algumas pessoas sentem sintomas leves, mas em outras pode ser fatal”, afirmou outro seguidor ao saber da decisão. 

    “Vai ser um fiasco, primeiro que a essência do festival está no mês de junho. Segundo, estamos no meio de uma crise econômica e de saúde, que atinge todo o mundo. Serão apenas prejuízos e quem vai pagar por isso é a população” declarou Elaine Cristina. 

    “Minha gente não tem clima. Deixa para o ano que vem. Deixa passar esse tempo, vamos levar a sério esse período de pandemia. Vamos conservar a vida dos nossos artistas, dos nossos brincantes, dos nossos visitantes. Por mais que tudo esteja melhor, é bom termos a certeza da segurança da saúde para todos. O tempo de junho passou. Só uma opinião de quem curte a brincadeira de boi”, enfatizou Márcio Fernandes, torcedor do boi Caprichoso. 

    Governo do Amazonas avalia

    Após o núncio dos bumbás Garantido e Caprichosos, o Governo do Amazonas emitiu nota informando que ainda vai se pronunciar sobre o caso e não confirma realização do Festival na data estipulada pelas associações dos bois.

    "O Governo do Estado do Amazonas só vai se pronunciar sobre a realização do Festival de Parintins após receber parecer das autoridades sanitárias, as únicas capazes de avaliar os riscos da exposição da população à Covid-19 em eventos do porte da festa popular. O Governo do Estado entende a relevância do evento para os habitantes de Parintins, de todo o Amazonas e do Brasil, enquanto manifestação cultural e geradora de renda, mas não é possível que tal decisão seja tomada sem o embasamento científico necessário que assegure o maior bem que todos temos: a vida", afirmou em nota. 

    Leia mais:

    Danos em Live do Boi Caprichoso chega a R$10 mil 

    Aeroporto de Parintins volta a funcionar para voos comerciais

    Parintins libera viagens com 70% de lotação