Fonte: OpenWeather

    DIA DOS PAIS


    Para chorar ou rir: confira lista de filmes para ver no Dia dos Pais

    Chama seu herói (e por que não heroína, se for sua mãe?) e vai para a frente da televisão. O EM TEMPO separou uma lista com filmes para nesse domingo

    | Foto: Divulgação

    Manaus - Neste segundo domingo do mês é comemorado o Dia dos Pais. E se durante a pandemia da Covid-19 a orientação é ficar em casa, que tal aproveitar a oportunidade para juntar a família e assistir um filme? Seja seu pai, sua mãe, ou ambos, a ideia é marcar uma sessão de cinema com um dos títulos abaixo. Confere a lista que o EM TEMPO preparou para você.

    Ação

    O Contador estreia a lista dos filmes que vão deixar você sua família empolgados em frente à televisão. O longa de tirar o fôlego conta a história de um homem das planilhas e números que logo troca a rotina por armas, na necessidade de salvar a própria vida. Confira a sinopse oficial.

    O contador. Direção: Gavin O'Connor
    O contador. Direção: Gavin O'Connor | Foto: Divulgação

    Desde criança, Christian Wolff (Ben Affleck) sofre com ruídos altos e problemas de sensibilidade, devido ao autismo. Ao crescer, Christian se torna um contador extremamente dedicado, graças à facilidade que tem com números, mas antissocial. A partir de um escritório de contabilidade, instalado em uma pequena cidade, ele passa a trabalhar para algumas das mais perigosas organizações criminosas do mundo. Ao ser contratado para vistoriar os livros contábeis da Living Robotics, criada e gerenciada por Lamar Blackburn (John Lithgow), Wolff logo descobre uma fraude de dezenas de milhões de dólares, o que coloca em risco sua vida e da colega de trabalho Dana Cummings (Anna Kendrick).

    Lucy também pode ser outra ótima aposta caso você e sua família estejam à procura de ação. O filme conta a história de uma jovem estadunidense que é forçada a carregar uma droga dentro do seu corpo. O problema é quando o composto se parte dentro dela e as toxinas são liberadas, transformando-a em uma super máquina de matar. Sinopse abaixo.

    Lucy. Direção: Luc Besson
    Lucy. Direção: Luc Besson | Foto: Divulgação

    Quando a inocente jovem Lucy (Scarlett Johansson) aceita transportar drogas dentro do seu estômago, ela não conhece muito bem os riscos que corre. Por acaso, ela acaba absorvendo as drogas, e um efeito inesperado acontece: Lucy ganha poderes sobre-humanos, incluindo a telecinesia, a ausência de dor e a capacidade de adquirir conhecimento instantaneamente.

    Comédia

    Click é o primeiro dessa lista. Se você quer rir de um pai atrapalhado e, ao mesmo tempo, se emocionar com os caminhos que a vida o leva, esse é o título certo. Leia a sinopse oficial.

    Click. Direção: Frank Coraci
    Click. Direção: Frank Coraci | Foto: Divulgação

    Michael Newman (Adam Sandler) é casado com Donna (Kate Beckinsale) e tem dois filhos. Ele tem dificuldades em ver sua família, visto que passa bastante tempo no escritório de arquitetura em que trabalha, no intuito de chamar a atenção de seu chefe (David Hasselhoff). Porém, após entrar em uma loja com intuito de comprar um novo controle remoto para sua casa, parece ter encontrado uma solução para seu problema. Isso porque, ao chegar no local, conhece o excêntrico funcionário Morty (Christopher Walken), e acaba comprando um controle remoto experimental, com a promessa de facilitar sua vida. Michael logo descobre que o controle possui outras funções, como abafar o som dos latidos de seu cachorro e também adiantar os fatos de sua própria vida, o que mudará as coisas para sempre, não necessariamente para melhor.

    A creche do papai também pode ser uma boa pedida caso o objetivo seja rir em família. Se um filho é bom, por que não uma creche, não é? Pera... É esse desafio que Charlie vai precisar enfrentar nessa comédia digna de Eddie Murphy.

    A creche do papai. Direção: Steve Carr
    A creche do papai. Direção: Steve Carr | Foto: Divulgação

    Enquanto sua esposa, Kim, sustenta a casa, o desempregado Charlie passa os dias cuidando do filho. Com a ajuda do amigo Phil, Charlie decide abrir uma creche. A ideia dá certo e logo contratam mais um empregado, Marvin. Charlie precisa lidar com a burocracia sem fim.

    Terror/suspense

    Código de conduta já sobe um pouco os níveis de emoções do que os anteriores da lista. Esteja preparado para cenas fortes e também cheias de tiros e muita sede de vingança.

    Código de Conduta. Direção: F. Gary Gray
    Código de Conduta. Direção: F. Gary Gray | Foto: Divulgação

    Quando um dos suspeitos do assassinato de sua mulher e filha é solto, Clyde quer vingança e decide fazer justiça com as próprias mãos. Clyde é preso e dentro da cadeia organiza uma matança para desmascarar o sistema judicial corrupto.

    Garota exemplar é um título para os que gostam de reviravoltas na história. Separa a pipoca e vem se surpreender com os segredos da vida desse casal.

    Garota Exemplar. Direção: David Fincher
    Garota Exemplar. Direção: David Fincher | Foto: Divulgação

    No dia de seu quinto aniversário de casamento, Amy desaparece. Quando as aparências de uma união feliz começam a desmoronar, Nick, seu marido, torna-se o principal suspeito. Com a ajuda de sua irmã gêmea, ele tenta provar sua inocência, ao mesmo tempo, investiga o que realmente aconteceu com a mulher.

    Drama

    Dois filhos de Francisco pode ser a escolha ideal se você e sua família preferem algo mais tranquilo, que os emocione e aproxime. O longa brasileiro é baseado em uma história real e certamente vai marcar seu Dia dos Pais. 

    Dois Filhos de Francisco. Direção: Breno Silveira
    Dois Filhos de Francisco. Direção: Breno Silveira | Foto: Divulgação

    Um lavrador do interior do Brasil tem um sonho: fazer com que seus dois filhos sejam famosos cantores de música sertaneja.

    À procura da felicidade é um clássico nessa data. O filme conta a história de superação de um pai, que passa por diversas dificuldades, mas não abandona o filho. Vale a pena conferir.

    À procura da felicidade. Direção: Gabriele Muccino
    À procura da felicidade. Direção: Gabriele Muccino | Foto: Divulgação

    Chris enfrenta sérios problemas financeiros e Linda, sua esposa, decide partir. Ele agora é pai solteiro e precisa cuidar de Christopher, seu filho de 5 anos. Demitido do trabalho, Chris e seu filho passam a dormir em abrigos ou onde quer que consigam um refúgio, mantendo a esperança de que dias melhores virão.

    Leia mais: 

    Comida de pai: quando a habilidade gastronômica também está no DNA

    Infância na rua: crianças trabalham nas ruas do AM para ajudar família

    Pais que são 'pães' contam alegrias e desafios da paternidade solo