Cinema


Conheça o projeto que leva cinema a moradores de rua em Manaus

Além de proporcionar entretenimento, o projeto Cine em Movimento promove vídeos educativos sobre a prevenção contra o novo coronavírus nos ''trailers'' das sessões

''O Vendedor de Sonhos'' é exibido para moradores de rua em Manaus
''O Vendedor de Sonhos'' é exibido para moradores de rua em Manaus | Foto: Divulgação

Manaus – A arte tem o poder de transformar e inspirar. Pensando nisso o Núcleo de Assistência à Criança e à Família em Risco (NACER) criou o projeto "Cine Em Movimento" com o objetivo de levar sessões de cinema para a população em situação de rua em Manaus.

Além das sessões gratuitas de cinema, o projeto também utiliza o espaço para promover vídeos didáticos sobre a prevenção ao novo coronavírus, com recomendações da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), entre os "trailers’’ dos filmes.

A primeira edição ocorreu no final de julho pelo Serviço de Abordagem Social Girassol, vinculado ao Nacer, e reuniu 25 moradores de rua no viaduto Miguel Arraes, Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul da capital para assistir ao filme ‘’O Vendedor de Sonhos’’, adaptação do livro de Augusto Cury sobre um pedinte que impede um psicólogo de cometer suicídio.

Uma segunda sessão foi realizada com moradores de rua no mesmo local, e a terceira exibição já está sendo planejada para adolescentes em situação de vulnerabilidade no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus, em parceria com o Conselho Tutelar.

Moradores tiveram opções de pipoca e cachorro quente no projeto
Moradores tiveram opções de pipoca e cachorro quente no projeto | Foto: Divulgação

Além de assistir ao filme, os participantes podem comer pipoca e cachorro-quente, e para prevenir a disseminação da Covid-19, a equipe do Girassol realiza a higienização de mãos e a distribuição de máscaras para o público.

Assistencialismo

Segundo Cleslley Rodrigues, diretor executivo do Nacer, o projeto foca em levar ações além do assistencialismo para as pessoas em situação de vulnerabilidade. Durante a pandemia, várias ações solidárias foram realizadas para atender essa população, mas durante a iniciativa, foram identificadas outras necessidades.

 ‘‘Analisando as ações que temos no Nacer, percebemos que nenhuma é voltada para o entretenimento dessa população, e eles sentem falta desse toque humano. Sabemos que é muito importante ter essas ações de entrega de alimentos, banho social, mas eles também precisam de uma opção de lazer’’, afirmou Rodrigues.  

A escolha do filme foi uma peça fundamental para assegurar o bem-estar dos moradores. "O Vendedor de Sonhos’’ provoca reflexões importantes a respeito do autoconhecimento, empatia, amor ao próximo e, especialmente, esperança em dias melhores.

| Foto: Divulgação

"Conseguimos promover essa identificação do público com o filme, e foi mágico. Devolver sorrisos é uma das missões do Nacer como um todo, e essa ação foi um grande passo para isso'', comemorou Rodrigues.

Os trailers com informações sobre a prevenção contra o novo coronavírus também foram mecanismos utilizados para democratizar o acesso da população em situação de rua aos meios de segurança contra o covid-19.

"Não adianta distribuir panfletos, pois muitos não sabem ler, não foram alfabetizados, então através dessas sessões de cinema, nós também atraímos a atenção deles para essa parte educacional’’, ressaltou o diretor.

Cine em Movimento

A primeira sessão, de acordo com Rodrigues, foi um sucesso. ‘’Um dia antes de realizar a ação, visitamos o local para fazer a identificação da população e verificar a aceitação do projeto. Para nossa surpresa, no outro dia quando chegamos para organizar tudo, eles já estavam lá aguardando com tudo arrumado, igual criança quando a gente promete algo’’, revelou Clessley Rodrigues.

O Cine em Movimento existe há cerca de uma semana e divide espaço com outras ações do Nacer que promovem a inclusão social, bem como ajudam a combater o preconceito e a discriminação social.

| Foto: Divulgação

Há dois anos, o Serviço de Abordagem Social Girassol do Nacer realiza atendimentos médicos para moradores de rua através de um consultório móvel, além disso, o núcleo também promove os projetos Apoio às Mães Adolescentes (AMA), que abriga adolescentes grávidas em situação de risco social e Aconchego, que realiza acolhimento de crianças de 0 a 3 anos em situação de risco social, abuso e/ou abandono.

Além de pessoas em situação de rua, o Cine em Movimento irá levar o projeto a comunidades vulneráveis, e segundo Rodrigues, o projeto agora busca parceiros para a realização de novas edições. Os interessados em apoiar o “Cine em Movimento” podem entrar em contato por meio do telefone: (92) 98428-7454.

Leia mais:

Conheça Maria Firmina dos Reis, primeira escritora negra do Brasil

‘Uma Linda Mulher’ completa 30 anos de sucesso

Amazonense Francisco Ricardo realça cultura indígena e negra em obras