Luto


Arnaldo Saccomani, ex-jurado do SBT, morre aos 71 anos

Jurado dos programas Astros, Ídolos e Qual É o Seu Talento, Arnaldo Saccomani realizava sessões diárias de hemodiálise por conta de um problema renal

| Foto: Divulgação

O produtor musical Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27), aos 71 anos, em Indaiatuba, São Paulo. Conhecido como jurado dos programas Astros, Ídolos e Qual É o Seu Talento, ele sofria de insuficiência renal e diabetes e fazia tratamento renal há três meses. 

O corpo de Saccomani será velado no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, a partir das 12h, e será aberto ao público. O produtor, que havia completado 71 anos há três dias, deixa a mulher e duas filhas.

Trajetória 

Arnaldo Saccomani ficou conhecido pelo grande público por ter sido jurado de programas de talento do SBT como "Astros", "Ídolos e " Qual é o Seu Talento". Sempre exigente, Saccomani também fazia participações especiais no Programa do Ratinho.

Com uma carreira iniciada na década 1960, Saccomani produziu álbuns de grandes artistas da música brasileira, como Tim Maia, Rita Lee, Ronnie Von, Fábio Jr e Mamonas Assassinas. Ele também trabalhou nos discos das Chiquititas Brasil, Mara Maravilha, Larissa Manoela e no single "Eu tô de Olho" do DVD Brasileiro da cantora mexicana Lucero.

No instagram, Thais Saccomani Lococo, uma das filhas de Arnaldo, postou uma foto de mãos dadas com o pai e uma despedida: "Estaremos sempre juntos".

O CEO do Midas Music, Rick Bonadio também publicou um texto emocionado em homenagem ao amigo: "O Arnaldo é um dos maiores produtores musicais desse país se não o maior. Talentoso, carismático e o rei dos comentários inesperados mas profundamente pertinentes. Obrigado por todos os ensinamentos mestre Lindaço , te conheci por um equívoco do destino e graças a você pude fazer o que mais amo na vida. Descanse em paz."

*Com informações do SBT/Primeiro Impacto

Leia mais:

Vídeo: Praia da Ponta Negra em Manaus, turismo às margens do rio Negro

Ponta Negra recebe exposição Action Figures com ícones da cultura pop

Teatro Amazonas sedia homenagem ao saxofonista Charlie Parker