Literatura


'Luiz Bacellar e sua poesia' é lançado em Manaus nesta quarta (9)

O lançamento do livro marca a data em que Luiz Bacellar deixou um legado de peso na literatura amazonense

Luiz Bacellar deixou um legado de peso na literatura amazonense
Luiz Bacellar deixou um legado de peso na literatura amazonense | Foto: Divulgação

Manaus – Em homenagem ao legado de um dos escritores mais expressivos da literatura amazonense, a Editora Valer lança a obra "Luiz Bacellar e sua poesia’’, de Elson Farias, nesta quarta-feira (9), às 18h30, mesmo dia em que o Amazonas lamenta oito anos da morte do poeta.

O lançamento será aberto ao público e ocorre na Galeria do ICBEU, localizada na avenida Joaquim Nabuco, bairro Centro, respeitando as normas de segurança sanitária. Haverá também a transmissão do evento no formato on-line, por meio das páginas nas redes sociais da Editora Valer e do ICBEU.

A data marca ainda a retomada das atividades da Editora Valer. Desde a suspensão dos eventos durante a pandemia de covid-19, "Luiz Bacellar e sua poesia’’ será a primeira obra apresentada ao público.

"Elson Farias presta seu tributo ao amigo e aponta caminhos para estudos futuros de sua produção poética. Com este ensaio, que é o primeiro estudo biográfico sobre Luiz Bacellar, Elson Farias enriquece e acresce informações relevantes aos estudos sobre este que é um dos poetas mais respeitados e amados no Amazonas’’, ressaltou Tenório Telles, poeta e coordenador editorial da Editora Valer.

 O livro em homenagem a Bacellar foi escrito pelo também poeta amazonense Elson Farias
O livro em homenagem a Bacellar foi escrito pelo também poeta amazonense Elson Farias | Foto: Divulgação

Ajudando na preservação da memória de Bacellar, Tenório Telles destaca ainda a visão pessoal que a obra carrega. Informações sobre a infância, adolescência e vida adulta do poeta são compartilhadas por Elson Farias.

Tributo

Membro há mais de 50 anos da Academia Amazonense de Letras, Elson Farias oferece um trabalho literário significativo na nova obra, não apenas pelo tom poético, mas também pela expertise no assunto, já que cultivou um relacionamento próximo de Luiz Bacellar.

Ambos se conheceram no Clube da Madrugada, associação literária e artística que reuniu intelectuais do Amazonas, e iniciaram uma amizade importante.  O livro foi concebido como um tributo em reconhecimento ao encanto e técnica do poeta Luiz Bacellar e presenteia o leitor com aspectos significativos.

"Espero que outras pessoas procurem essa biografia dele. É algo que merece ser estudado, pois é uma leitura muito enriquecedora. A poesia dele tem uma visão bem amazonense, como ele nasceu e cresceu aqui, é marcada pela paisagem de Manaus e da Amazônia’’, revelou Elson Farias.

Novo livro será homenagem à Luiz Bacellar
Novo livro será homenagem à Luiz Bacellar | Foto: Divulgação

Luiz Bacellar

Aos 84 anos, Luiz Franco de Sá Bacellar deixou um legado extenso na literatura amazonense. Nascido em Manaus no dia 4 de setembro de 1928, o poeta realizou o antigo colegial em São Paulo e mais tarde foi bolsista do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).

Voltando a Manaus, exerceu o jornalismo antes de se tornar Professor de Literatura e Língua Portuguesa no Colégio Estadual D. Pedro II. O marco literário para Bacellar surgiu no Clube da Madrugada, onde teve contato com outros escritores e a primeira obra, "Frauta de Barro'', ganhou o Prêmio Olavo Bilac, conferido pela Prefeitura do antigo Distrito Federal.

Seu segundo livro, Sol de Feira,  recebeu o Prêmio de Poesia do Estado do Amazonas. Luiz Bacellar também é autor de Quatro movimentos, O Crisântemo de cem pétalas, em parceria com Roberto Evangelista, Quarteto e Satori, sendo os dois últimos publicados pela Editora Valer.

Poeta atemporal, Luiz Bacellar testemunhou acontecimentos do século XX, com o processo de transformação que se operava, tanto em Manaus como em outros lugares do mundo, e vivenciou a capital amazonense provinciana da época.

"

Em menino achei um dia bem no fundo de um surrão um frio tubo de argila e fui feliz desde então; rude e doce melodia quando me pus a soprá-lo jorrou límpida e tranquila como água por um gargalo. "

Trecho de um poema de Luiz Bacellar,

Lançamento do livro Luiz Bacellar e sua poesia

Onde: Galeria da escola de idiomas ICBEU

Quando: 9 de setembro de 2020

Horário: 18h30 (quarta-feira)

Leia mais:

Escritores do AM criticam taxação de livros: 'Favorece analfabetismo'

Livro 'Poemas de Agosto', de Efraim Amazonas, é lançado em Manaus

Conheça Maria Firmina dos Reis, primeira escritora negra do Brasil