Música


‘Domingo Autoral’ terá Johnny Jack Mesclado no Teatro da Instalação

Show vai ser neste domingo, a partir das 19h, com acesso gratuito

O Teatro da Instalação adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19
O Teatro da Instalação adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19 | Foto: Michael Dantas (Johnny Jack Mesclado)

Manaus- O “Domingo Autoral” chega à segunda temporada, no Teatro da Instalação (rua Frei José dos Inocentes, Centro). O primeiro show do projeto vai ser neste domingo (13/09), com a banda Johnny Jack Mesclado, às 19h e acesso gratuito, mas com agendamento por meio do Portal da Cultura (cultura.am.gov.br) ou diretamente pelo link bit.ly/domingoautoral1.

Segundo o secretário Marcos Apolo Muniz, a proposta, criada em parceria com os músicos Celdo Braga e Nícolas Júnior, busca formar plateias para ampliar a visibilidade de trabalhos autorais no estado.

Ele explica que a volta do projeto vai contar com agendamento porque a casa vai funcionar somente com a metade da capacidade da plateia, conforme os protocolos de segurança em prevenção à Covid-19, para evitar qualquer tipo de aglomeração.

Neste mês, a programação conta ainda com o Grupo Gaponga no dia 27. Em outubro, a agenda traz Armando de Paula (04/10) e Lucilene Castro (18/10) enquanto, em novembro, tem Célio Cruz (01/11) e Salomão Rossy (29/11). Já, em dezembro, vai ser a vez de Lucinha Cabral (06/12) e Lucevilson de Souza (20/12).

Repertório –  Em uma hora de apresentação, a banda vai fazer uma retrospectiva composta por clássicos da discografia da Johnny Jack Mesclado, como “Aquela Menina”, do álbum “Que Jah Abençoe”, de 2003; “Fim de Semana”, de “Luz de Raiz”, de 2005; assim como sucessos dos discos “Três”, de 2009; “De Fone Pro Mundo”, de 2013; e dos EPs “Añoranza”, de 2015; e “601”, de 2016.

Formado por Tennessee Nogueira (voz), Frederico Paulus (baixo), Gabriel Pinto (bateria), Daniel Oliveira (guitarra) e Lúcio Bezerra (teclado), o grupo de reggae também vai exibir música nova, composta durante o período de isolamento social.

Protocolos – O Teatro da Instalação adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19, como distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local.

A saída do público após os eventos é realizada de forma imediata, e não é permitida a permanência do público nos corredores do espaço.

 *Com informações da assessoria

Leia mais:

Manaus ganhará escola circense com apoio do circo Marcos Frota

Gramophone apresenta primeira live na nova sede da Vila Vagalume 80

Antigo hotel Cassina do centro de Manaus será polo tecnológico