Atração


Teatro Amazonas recebe espetáculos da Mostra de Direitos Humanos

A quarta edição do evento divulga programação do evento que terá abertura no Teatro Amazonas

| Foto: Divulgação

Manaus - A organização da Mostra de Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Querr, Interssexuais, Assexuais e + (Mostra DH LGBTQIA+), divulgou na última segunda-feira (14), a programação da 4ª edição do evento, que será realizado no dia 30 de setembro e 01 de outubro. A abertura da mostra acontecerá às 20h, no Teatro Amazonas, com entrada gratuita.

Vale ressaltar que, devido às recomendações de segurança e de prevenção ao novo coronavírus, os teatros estão funcionando com 50% da capacidade, por este motivo, os lugares dos espetáculos são reservados previamente, através do site do Teatro Amazonas (teatroamazonas.com.br).

A mostra é um projeto de cultura e artes integradas que iniciou em 2015, promovendo a cidadania de LGBTQIA+, através de atividades de intervenção, espetáculos, palestras, mesas redondas e debates. Por  meio destas atividades busca-se estimular e sensibilizar a população LGBTQIA+ a reconstruir suas histórias dentro das inúmeras vulnerabilidades sociais, dando ênfase aos direitos humanos  garantidos para acolhimento, fortalecimento de vínculos, emancipação, dignidade e cidadania.

Segundo Fran Martins, que é diretor geral e curador da ação, serão dois espetáculos convidados para abrir a mostra, “Efêmera” da Kanauã Produções e artistas convidados, e “Francine: o sonho de se tornar uma eterna rainha”, do coletivo de Rainhas  Juninas da Diversidade do  Amazonas.

“Efêmera” aborda a história de Donna e Palmer. Donna, quase uma senhora, tenta ensinar tudo que aprendeu na vida. Palmer, muito jovem, tem sonhos e esperança de que sua vida possa mudar bastante. O espetáculo nos convida a mergulhar em uma pequena parte desse universo, que é um reflexo da realidade, também lembrado pelo glitter e muito glamour. Já o “Francine” narra a luta e idealização dos sonhos de um homem que ama  as festas juninas e deseja dançar nas quadrilhas, porém, não se encaixa nem como homem nem como mulher além de ser desprovido de talento. Como respostas aos seus problemas, ele é visitado por Fadas Madrinhas do São João que lhe concedem inúmeros presentes e acaba se transformando na magnífica Rainha da Diversidade Francine.

 “A proposta da mostra é colocar a arte como  centro das atividades, por meio da sensibilização às pessoas contra os preconceitos e violências que a comunidade LGBTQIA+ vem sofrendo. Além dos trabalhos cênicos, o evento contará com debates sobre suicidio LGBTQIA+, cultura, direitos humanos e políticas sociais. Acontecerá, ainda, uma roda de conversa sobre o processo de criação dos espetáculos convidados e a exibição do filme “Alice Júnior”, que estreou esse mês, no Casarão de Ideias”, finaliza o diretor. Para conferir a programação na íntegra, confira o perfil @mostralgbtqia, no Instagram.

Serviço

O quê? Mostra de Direitos Humanos de LGBTQIA+ do Amazonas.

Quando? 30/09 e 01/10

Onde? Teatro Amazonas, às 20h

Quanto? Gratuito. Necessário fazer agendamento.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

'Agentes Selvagens' e 'Alice Júnior' estreiam nas telonas de Manaus

Google muda definição de 'patroa' após críticas de Anitta

Whindersson Nunes se isola e preocupa amigos por conta da depressão