Morte


Morre, aos 77 anos, o ator Cecil Thiré

Ator e diretor sofria do Mal de Parkinson e morreu de causas naturais

No cinema, dirigiu os filmes Os Mendigos (1962), Os Fuzis (1964) e O Diabo Mora no Sangue (1968)
No cinema, dirigiu os filmes Os Mendigos (1962), Os Fuzis (1964) e O Diabo Mora no Sangue (1968) | Foto: Reprodução/ TV Globo

O ator e diretor Cecil Thiré morreu na manhã desta 6ª feira (9.out), aos 77 anos. Ele sofria de Mal de Parkinson e morreu enquanto dormia em casa, no bairro do Humaitá, zona sul do Rio de Janeiro.

Filho da também atriz Tônia Carrero, Cecil Thiré nasceu em 28 de maio de 1943, no Rio de Janeiro. Na televisão, seu primeiro trabalho como ator foi na novela Angústia de Amar, na extinta Rede Tupi, em 1967. Um dos personagens mais marcantes de sua carreira foi como o personagem Adalberto Vasconcelos, o assassino em série da novela A Próxima Vítima (1995), da Rede Globo.

No cinema, dirigiu os filmes Os Mendigos (1962), Os Fuzis (1964) e O Diabo Mora no Sangue (1968) e atuou em 24 produções. Seu último trabalho foi na série Se Eu Fosse Você (2013), do canal Fox Brasil.

Cecil Thiré estava casado com a diretora teatral Nancy Galvão desde 2006. Ele deixa três filhos e um neto.