Amazonpedia


Largo São Sebastião, em Manaus, inspirou calçadão de Copacabana

Em ondas de cores pretas e brancas, calçadão representa o 'Encontro das Águas', dos rios Negros e Solimões

A implantação da calçada fez parte de um conjunto de obras realizado pelos magnatas da borracha | Foto: Semcom

Manaus - O calçadão do Largo São Sebastião foi inaugurado em 1901,  o passeio foi idealizado nas últimas décadas do século 19, no auge do Ciclo da Borracha. Os ladrilhos pretos e Brancos chamam a atenção de quem passa pela praça.

A implantação da calçada fez parte de um conjunto de obras realizado pelos magnatas da borracha, que foram responsáveis por grande parte do desenvolvimento da capital amazonense e de outras cidades da Região Norte. 

Há relatos de que o calçadão foi inspirado nos rios Negro e Solimões, e outros, no Calçadão da orla de Copacabana. 

O calçadão da orla da Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, foi inaugurado quatro anos depois do pavimento manauara. Nos dois casos foram usados ladrilhos portugueses.

Os desenhos eram diferentes. Porém, na década de 1920, as águas do mar invadiram a orla e a calçada carioca foi destruída. Assim, o passeio foi reformado e redecorado, seguindo o modelo amazonense.

Veja o vídeo!