Fonte: OpenWeather

    Acessibilidade


    ‘Corpos Plurais’ apresenta oficina sobre dança e deficiência

    O projeto já promoveu palestras, apresentações e diversas atividades artísticas de forma inclusiva e acessível

    | Foto: Divulgação

    Manaus - Entrando na reta final, o projeto ‘’Corpos Plurais: Formação e Informação em Dança’’ apresenta a oficina "Dança e Deficiência: experiências além da bipedia compulsória", do artista Edu O, nesta quarta-feira (16), às 9h (horário local). As inscrições para a atividade são gratuitas e podem ser realizadas através do Instagram da Contem Dança Produção Cultural

    A oficina apresenta as experiências de Edu O, artista de dança e performance, estabelecendo um percurso histórico e destacando a produção de pessoas com deficiência.  

    ‘‘Também são destaques as metodologias que indicam novas narrativas para a desierarquização entre corpos e saberes na dança, em contraponto à hegemonia da bipedia compulsória na área’’, afirmou Edu O.

    | Foto: Brisa Andrade

    Pessoas com e sem deficiência, incluindo artistas, estudantes, professores, agentes de cultura e interessados em assuntos ligados à dança e à deficiência são os convidados para a oficina.

    ‘’Corpos Plurais’’ irá encerrar a temporada na próxima segunda-feira (21), com a palestra ‘‘Modo como a política, a cultura e a sociedade percebem a identidade do Brasil’’, de Luiz de Abreu, pesquisador a respeito do corpo negro, que será transmitida através do Youtube e das redes sociais da Contem Dança Produção Cultural.

    Acessibilidade 

    Todas as apresentações e atividades do ‘’Corpos Plurais: Formação e Informação em Dança’’ terão tradução em libras e audiodescrição, oferecendo para todos os corpos, a oportunidade de participar plenamente dos eventos.

    | Foto: Brisa Andrade

    A iniciativa tem direção geral de Francis Baiardi e produção de Rosana Brito Baré. Larissa Dantas e Marcos André realizam a interpretação de libras do projeto, e Mário Célio comanda a audiodescrição.

    O projeto é realizado com apoio do Concurso-Prêmio Manaus Conexões Culturais 2020 - Lei Aldir Blanc, na categoria dança, promovido pela Prefeitura de Manaus e pelo Governo Federal.

    Confira a programação

    21/12, 14h – Palestra - Modo como a política, a cultura e a sociedade percebem a identidade do Brasil - Luiz de Abreu

    16/12, 9h – Oficina – Dança e Deficiência: experiências além da bipedia compulsória – Edu O

     *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Artistas amazonenses comemoram aprovações na Lei Aldir Blanc

    Porta dos Fundos estreia novo especial de Natal após polêmica de 2019

    Multimídia: Paulo Moura resgata suas origens no SGC Curumim