Fonte: OpenWeather

    Famosos


    Retrospectiva 2020: as polêmicas dos famosos que marcaram o ano

    Larissa Manoela, Anitta, Rafa Kalimann, Gusttavo Lima, Marília Mendonça, Ludmilla e mais artistas foram alvos de polêmica em 2020, relembre:

    Relembre os assuntos mais repercutidos pela internet em 2020
    Relembre os assuntos mais repercutidos pela internet em 2020 | Foto: Reprodução

    Manaus - O ano de 2020 foi marcado por muitas polêmicas entre os famosos da indústria da música e televisão. Recentemente, Larissa Manoela foi acusada por internautas de ter devolvido um de seus pets, adotado no Instituto Luísa Mell, por ser vira-lata, e Ana Maria Braga cutucou Jair Bolsonaro em seu programa ao vivo por discurso do presidente em relação à pandemia do novo coronavírus.

    Na internet, Anitta se queixou de intolerância religiosa após notícia de que teria raspado a cabeça pelo Candomblé, enquanto Rafa Kalimann foi cancelada por dublar áudio de Mariana Ferrer no Tiktok.

    A jovem alega ter sofrido abuso sexual em festa em Jurerê Internacional, em dezembro de 2018. "Fui infeliz e indelicada", lamentou a ex-BBB. Em janeiro deste ano, Chiquinho Scarpa causou burburinhos na web ao revelar que implantou um microchip com GPS sob a pele da namorada Luana Risério, de 35 anos, para poder localizá-la. Relembre mais polêmicas!

    Gabriela Pugliesi foi atacada por festa na pandemia

    Gabriela Pugliesi foi uma das primeiras celebridades a levantar polêmiica em 2020. A musa fitness foi atacada na internet por promover festa com outras influenciadoras em seu apartamento durante pandemia do coronavírus.

    "Eu juntei meia dúzia de amigos aqui em casa, a gente pediu comida, bebeu. Eu me passei, postei, falei besteira (...) Estou extremamente arrependida, estou mal comigo mesma, fui irresponsável, imatura, e mais uma vez quero pedir desculpas", declarou na época. Após episódio, a loira ficou meses sem beber e disse que vai fugir da aglomeração das festas de fim de ano.

    Desfile de lingerie de Rihanna teve acusação de islamfobia

    Rihanna foi acusada de islamofobia durante desfile da Savage x Fenty em outubro. O público mulçumano se revoltou com ouso do hadith islâmico, uma espécie de texto sagrado, em uma das músicas tocadas durante o evento de lingerie.

    Supostamente namorando A$AP Rocky, Rihanna se manifestou e pediu desculpas aos mulçumanos através de suas redes sociais. "Eu gostaria ainda mais de me desculpar com vocês por conta deste honesto, mas descuidado erro. Entendemos que machucamos muitos de nossos irmãos e irmãs muçulmanas e eu estou com o coração incrivelmente partido por causa disso", publicou.

    Marília Mendonça fez comentário transfóbico em live

    Em agosto,Marília Mendonça fez comentário apontado como transfóbico pelos internautas durante live show. Durante performance, a sertaneja revelou ficada de um integrante de sua banda com outra pessoa na Disel Club, extinta balada voltada para o público LGBTQI+, em Goiás. "Disse que lá foi o lugar que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele", declarou.

    Os fãs acharam Marília Mendonça com tom de deboche e a sertaneja não quis se justificar, admitindo erro: "Aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões". Após polêmica, a artista declarou querer dar visibilidade à causa trans em outras apresentações.

    *Com informações do Purepeople

    Veja mais:

    Fotos íntimas de Gabriel Jesus e Diego Costa são encontradas em Bíblia

    Anitta se pronuncia sobre discussão polêmica com sua equipe

    Anitta revela em série que foi estuprada na adolescência; veja vídeo