Fonte: OpenWeather

    Perda


    Homenagem: missa de sétimo dia de Zezinho Corrêa será on-line

    A missa será transmitida através das páginas Web TV Mariama no Facebook e no Youtube

     

    Zezinho Corrêa está sepultado no Cemitério São João Batista
    Zezinho Corrêa está sepultado no Cemitério São João Batista | Foto: Divulgação

    Manaus - A missa de sétimo dia do vocalista da banda Carrapicho, Zezinho Correa, será realizada on-line nesta sexta-feira (12), às 17h (horário local), através das páginas Web TV Mariama no Facebook e no Youtube. A informação foi divulgada por familiares de Zezinho Corrêa. 

    A missa será transmitida do salão Zezinho Corrêa, no balneário do Sesc. O cantor morreu aos 69 anos no último sábado (6), e a despedida ao artista amazonense foi restrita à família.

    As últimas homenagens, no entanto, ocorreram durante todo o final de semana por amigos e admiradores do cantor, que acompanharam o trajeto do cortejo de Zezinho Corrêa, que passou pelas principais ruas de Manaus ao som de aplausos. O vocalista está sepultado no Cemitério São João Batista, avenida Boulevard Álvaro Maia, zona sul da capital.

     

    Aplausos foram a última homenagem de amigos e admiradores de Zezinho Corrêa
    Aplausos foram a última homenagem de amigos e admiradores de Zezinho Corrêa | Foto: Divulgação

     "O céu ganhou mais uma estrela que, com sua luz, brilhará para a eternidade. Obrigada por levar o nome do Amazonas para o mundo, por ser esse ser humano incrível em todos os sentidos. Você já está fazendo muita falta na nossa família, daqui vamos continuar te amando sempre. Hoje a batida do tambor se calou", informou nota a falecimento, emitida pela família de Zezinho Corrêa. 

    Segundo notas divulgadas pela família do cantor durante o tratamento contra a Covid-19, Zezinho Correa estava internado há um mês, sendo transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no início da luta contra a doença.

    Nos dias anteriores ao falecimento, o artista apresentou uma piora no quadro de saúde, e precisou utilizar sedação e ventilação mecânica por indicação de médicos. De acordo com exames divulgados na internação do cantor, ele estava com 50% a 75% do pulmão comprometido.

    Homenagens

     

    Zezinho Correa se tornou a representação do sucesso no cenário cultural amazonense
    Zezinho Correa se tornou a representação do sucesso no cenário cultural amazonense | Foto: Ingrid Anne/Manauscult

    Com a notícia do falecimento, artistas como David Assayag, Antônia Bahia, Vanessa Alfaia e diversos outros foram à público prestar homenagens e mostrar a admiração que tinham pelo artista.

    O músico Agenor Vasconcelos também relembrou a importância que Zezinho Corrêa representou para os artistas do Amazonas e do Brasil. "Uma das maiores referências da região. Hoje, no céu, bate-se forte o tambor".

    O compositor e músico mineiro Torrinho, co-autor de “Porto de Lenha” e um dos nomes principais do movimento Tropicalista no país, também prestou homenagens.

    "O mundo amanheceu mais triste, sem a voz, a alegria, o carisma e a simpatia de Zezinho Corrêa. Siga em paz no seu caminho de luz, meu amigo. Por aqui, você sempre será lembrado e amado", escreveu o compositor Torrinho.

    Além de palavras, familiares e amigos também prestam homenagem, em silêncio, à vida de Zezinho Corrêa, mantendo firme o legado e memória do artista pelos anos que virão.

    Zezinho Correa se tornou a representação do sucesso no cenário cultural amazonense através da música “Tic Tic Tac”, da banda Carrapicho, que ganhou projeção nacional e internacional. O grupo ainda vendeu mais de 15 milhões de discos em todo o mundo, especialmente na França.

    Leia mais:

    Assessoria desmente nova 'fake news' sobre morte de Zezinho Corrêa

    Covid: Segue a luta de David Assayag, Zezinho Correa e Marcia Siqueira

    'Volta Zezinho': movimento manda energia positiva para o cantor