Fonte: OpenWeather

    Kohva


    Banda de metal parintinense realiza live em Manaus

    A gravação do álbum da banda Kohva foi contemplada pela Lei Aldir Blanc

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus - A banda de rock parintinense, Kohva, vai promover na próxima sexta-feira (12) uma live com o objetivo de promover o álbum intitulado “Resíduo da Alma”, que traz músicas inéditas e autorais. O evento será realizado no HS Studio, em Manaus, e a transmissão irá começar às 20h pelo Facebook da produtora.

    A gravação do álbum foi contemplada pela Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria Municipal de Cultura de Parintins (Semcult), com apoio do Governo Federal, e tem incentivo do projeto Puxirum.

    Formada por Aury Lenno (vocalista), João Victor (guitarrista), Luciano Ribeiro (baixista) e Henrique Freitas (baterista), a banda Kohva reúne diversos gêneros do metal e decidiu criar o Crossover Indígena, inspirado diretamente nos costumes e tradicionais dos povos indígenas, além do boi-bumbá.

    O guitarrista João Victor, natural de Parintins, contou que o processo de gravação do álbum tem sido satisfatório e afirma estar vivendo a trajetória de bandas consagradas no cenário do rock mundial.

    “Tem sido uma luta constante, principalmente pelo fato de você pertencer a um município do interior do Amazonas, sair e gravar em outra cidade, onde tem toda uma estrutura profissional. Estamos vivendo o que várias bandas consagradas já viveram, que é morar mesmo no estúdio”, disse.

    Kohva tem influências diretas em grupos como Torture Squad, Sepultura, Claustrofobia, Ratos de Porão, Surra e Arandu Arakuaa. João relembrou a primeira demo gravada na trajetória da banda.

    “A banda surgiu em 2017. Lançamos uma demo em 2019, e agora estamos lançando um novo trabalho. Temos diversas influências para a composição do nosso trabalho, desde o lado melódico, influência de bandas, de líderes indígenas, escritores, e até mesmo pessoas que estão em nosso convívio”, reitera.

    A live terá músicas do álbum “Balas e Flechas”, demo de 2019, e algumas faixas do novo trabalho. “Resíduo da Alma” vai ser disponibilizado nas plataformas digitais como Spotify, Deezer e YouTube Music.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Representatividade no circo: Festival deve abordar diversidade na arte

    Residência artística 'coleta' sonhos noturnos

    Acará Disco: projeto de música eletrônica ganha canal no YouTube