Fonte: OpenWeather

    Arquitetura


    Arquiteta tira dúvidas sobre execução de projetos e obras

    Em entrevista ao EM TEMPO, a arquiteta Larissa Martins desmistificou crenças populares sobre o processo para ter uma obra dos sonhos

     

    Larissa Martins é arquiteta há 6 anos
    Larissa Martins é arquiteta há 6 anos | Foto: Brayan Riker

    Manaus – “Muitas pessoas deixam o sonho da casa perfeita de lado pois tem esse pensamento equivocado, ‘o planejamento é muito caro’, ‘contratar um profissional está fora do meu orçamento’, mas não é bem assim”, iniciou a arquiteta Larissa Martins em entrevista ao EM TEMPO. Com carreira na área há 6 anos, ela desmistificou alguns fatos acerca dos cenários de construção e decoração.

    O primeiro foi a crença da maioria da população, de que iniciar um projeto com um arquiteto irá finalizar as obras em valores elevados. “Pelo contrário, ter esse profissional orientando todo o processo vai reduzir muitos gastos e perigos a longo prazo”, esclareceu Martins.

    Em relação aos projetos que são executáveis, a profissional conta que há diversidade. A arquiteta expôs que já trabalhou em apenas um cômodo, como também em um residencial inteiro.

     

    Em relação aos projetos que são executáveis, a profissional conta que há diversidade
    Em relação aos projetos que são executáveis, a profissional conta que há diversidade | Foto: Brayan Riker

    “Não atendo apenas um tipo de projeto, eu trabalho não importa a quantidade de ambientes. No contexto de design de interiores, eu amo tudo. Mas, tem algo que posso citar ser primordial: a iluminação”, disse.

    A iluminação, de acordo com a arquiteta, é uma etapa que faz toda a diferença em qualquer projeto, mas que muitas vezes é negligenciada. “Não adianta ter um modulado todo trabalhado, materiais maravilhosos, se você não tiver uma iluminação para destacar todo esse trabalho”.

    Outra dica que Martins deu em projetos arquitetônicos é prezar por bons materiais de revestimento e acabamento. “Também é essencial escolher com boa qualidade e durabilidade. E, hoje, temos uma facilidade muito grande de encontrar, no mercado, materiais com marcas boas a um preço acessível”.

    Mulheres na arquitetura

     

    Larissa Martins afirma que iluminação deve ser prioridade em projetos arquitetônicos
    Larissa Martins afirma que iluminação deve ser prioridade em projetos arquitetônicos | Foto: Brayan Riker

    Inclusive, Larissa Martins se orgulha do cenário de arquitetura em Manaus. Formada em um curso onde a maioria era feminina, ela afirma que, durante a trajetória na área, também percebeu um espaço que abraça as mulheres profissionais.

    “Hoje em dia, não vejo uma divisão. Na área de arquitetura, principalmente interiores, o público prefere tratar com mulheres, pois acredita que elas têm um ‘jeitinho’ a mais. E a preocupação de criar um ambiente legal em casa também não é exclusiva da mulher, vem de todos os lados”, declarou a arquiteta.

    Apesar de ser uma área normalmente associada à figura masculina, Larissa Martins também desmistificou essa crença.

    “Quando falamos da obra bruta, da construção, você já remete à imagem do homem. Tem um pouco de divisão nesse sentido. Mas, na realidade, a área não apresenta dificuldades ou impedimentos para que uma mulher não possa executar”, afirmou Larissa Martins.

    Destaques

     

    Apesar de ser uma área normalmente associada à figura masculina, Larissa Martins também desmistificou essa crença
    Apesar de ser uma área normalmente associada à figura masculina, Larissa Martins também desmistificou essa crença | Foto: Brayan Riker

    Um dos diferenciais da profissional no mercado arquitetônico é o atendimento ao cliente. Acessível e dedicada em proporcionar não só o melhor projeto, mas uma experiência única, Larissa Martins ressalta que acompanha o mais próximo possível todas as etapas de trabalho.

    “Na primeira visita, no fechamento do contrato, na criação do projeto e na execução. Eu costumo dizer aos meus clientes que não adianta, durante todo o processo, lidar com vários prestadores de serviço. Em algum momento, alguém vai falhar”, explica.

    Desde medidas erradas até pedidos trocados, Larissa Martins justifica que esses detalhes fazem a diferença no final das obras e podem significar muita dor de cabeça para quem escolhe lidar, diretamente, com vários profissionais em um único projeto.

    “Eu procuro focar sempre na solução. Quando lido com esses erros, não meço limites para resolver. O que importa é o cliente estar satisfeito e evitar ao máximo levar perturbação e transtornos para ele. Se alguém me contrata, é porque espera receber um imóvel finalizado, do jeito que sonhou, na tranquilidade. E é isso que eu entrego”, destacou a arquiteta.

    Passo a passo

     

    Escritório de Larissa Martins
    Escritório de Larissa Martins | Foto: Brayan Riker

    No primeiro contato com o cliente, Larissa Martins esclareceu que procura sempre saber qual o interesse principal no projeto, quais os ambientes que vão receber esse projeto, e, baseado nisso, ela oferece duas opções de atendimento: presencial e virtual.

    “Presencial, caso a gente precise visitar o local, definir o espaço, e caso você já tenha toda a metragem, podemos caminhar direto para a proposta orçamentária, sem compromisso. Após essa proposta ser aprovada, aí sim vamos até você, para realizar todo o briefing necessário para executar o projeto”, explicou.

    A arquiteta está disponível através do telefone (92) 98211-6421, do e-mail [email protected] e através do Instagram @larissamartinsarq, onde também expõe um portfólio do próprio trabalho. 

    Leia mais:

    Arquitetura e urbanismo recontam a história de Manaus

    Prefeitura e Conselho de Arquitetura firmam termo de cooperação

    AM é o estado com maior proporção de ocupações irregulares do país