Fonte: OpenWeather

    Culinária e arte


    Violinista Edgard Montrezol une arte e culinária na produção de pães

    Violinista erudito, compositor e com conhecimentos em alaúde barroco, Edgard trouxe uma nova proposta artística à culinária com a produção de pães artesanais

     

    Edgard Montrezol é violinista erudito, compositor e com conhecimentos em alaúde barroco
    Edgard Montrezol é violinista erudito, compositor e com conhecimentos em alaúde barroco | Foto: Reprodução/Instagram

    Manaus –“A música é um alimento do espírito”, iniciou o músico Edgard Montrezol, que, durante a pandemia, se aventurou na confecção de pães artesanais. Com o empreendimento “Montrezol Panes”, Edgard trouxe uma nova proposta artística à culinária e, em entrevista ao EM TEMPO, compartilhou sobre as semelhanças e inspirações em ambos processos de criação.

    Apostando na produção sem aditivos ou conservantes químicos, o músico tem feito sucesso e comentou o diferencial que os pães têm a partir da arte. “É notório que um alimenta o corpo e o outro alimenta a alma. No sentido sagrado, você tem essa junção. Parece que eles vão em sentidos opostos, mas eles se interligam quando você comove as pessoas”, disse sobre a relação da música com a culinária.

    O músico explicou, citando a experiência e o “feedback” das pessoas que consomem a arte dele. “Sempre me mandam mensagens, dizendo que gostaram muito do meu trabalho, que trouxe a proximidade de vizinhos, de um familiar que não viam há tempos, então isso é um sentimento que foi feito com as minhas mãos e, de certa maneira, tocou alguém”.

     

    Pães artesanais da Montrezol Pane
    Pães artesanais da Montrezol Pane | Foto: Reprodução/Instagram

    Neto de italianos, Edgard nasceu em São Paulo, mas vive desde a adolescência em Manaus. Essa herança familiar passou do pai para o músico, com quem ele aprendeu a fazer os pães. “A inspiração para os pães veio justamente do meu sangue italiano e da força do meu pai”, contou.

    Sobre a confecção do pão artesanal, o músico revelou que são necessários apenas quatro ingredientes: água, sal, farinha e fermento. Após cerca de 15 horas de descanso e muita paciência, ocorre a modelagem do produto final.

    “É uma coisa simples, com poucos ingredientes, mas tem uma complexidade química incrível. O pão começou sem grandes pretensões, e é engraçado como ele é apaixonante”, afirmou Edgard. Com diversas receitas, o paulista também revelou que busca incluir ingredientes regionais para os pães recheados, como, por exemplo, o açaí e o tucupi.

    Música

     

    Residindo em Manaus, o músico se especializou em violão clássico
    Residindo em Manaus, o músico se especializou em violão clássico | Foto: Reprodução/Instagram

    Violinista erudito, compositor e com conhecimentos em alaúde barroco, Edgard carrega um grande histórico na música, além de dar aulas através da ONG Pombal.

    “Antes da pandemia, estávamos desenvolvendo um trabalho junto com os meninos do Prosamim, muito bonito e que me encheu de esperanças, mas que infelizmente tivemos que dar uma pausa”, ressaltou.

    Residindo em Manaus, o músico se especializou em violão clássico e percorreu diversos estados brasileiros levando a arte e a erudição em torno do instrumento. Como intérprete, Edgard Montrezol também foi convidado a participar do Festival Internacional de Violões, na Venezuela, sendo o único representante do Amazonas no evento.

    “Com a música, mesmo quando você homenageia outros cantores e outros compositores, você também coloca sua personalidade naquilo. Nessa energia, de você fazer algo com muito amor, com muito carinho, você vai ter uma resposta”.

    Arte e pães

     

    Edgard Montrezol deseja unir a música e os pães
    Edgard Montrezol deseja unir a música e os pães | Foto: Reprodução/Instagram

    Um dos planos que Edgard Montrezol tem para o futuro é aproximar mais ainda a música da confecção dos pães artesanais.

    “Quero associar as duas coisas, as músicas com os pães. Elas fazem parte da minha vida e eu não as vejo afastadas uma da outra, então eu preciso ligá-las. E isso vem de alguns valores culturais, que incluem a Amazônia”, afirmou.

    Com a equipe de Montrezol Panes, ele também promete novidades. “Daqui a uns 15 dias, estaremos nos mudando para um sítio, e o Montrezol Pane vai estar em uma ligação incrível com a natureza. Vamos ter a nossa própria plantação de ervas que utilizamos nos pães recheados”, finalizou.

    Leia mais:

    Exposição abre comemorações dos 95 anos do poeta Thiago de Mello

    Jéssica Stephens lançará DVD no Dia Internacional da Mulher

    Jeferson Mariano lançará 'Algoritmo' nas plataformas digitais

    • | Foto:
    • | Foto:
    • | Foto:
    • | Foto:
    • | Foto: divulgação
    • | Foto: divulgação
    • Residindo em Manaus, o músico se especializou em violão clássico | Foto: Reprodução/Instagram
    • | Foto: divulgação
    • | Foto: divulgação
    • Edgard Montrezol deseja unir a música e os pães | Foto: Reprodução/Instagram