Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Espaço de samba reabre após recesso natalino

    O sambista Júnior Rodrigues ressalta que o convidado Chico da Silva é um um parceiro do Espaço Cultural Quinatal - Foto: Divulgação
     
    Após um recesso de três semanas, o Espaço Cultural Quintal retorna as atividades e anuncia a participação do cantor e compositor Chico da Silva na noite de reabertura. O artista divide o palco com o cantor Júnior Rodrigues nesta sexta-feira, a partir de 19h30.
     
    É a terceira vez consecutiva que Silva integra o quadro de atrações da casa. De acordo com o compositor, o repertório a ser apresentado é composto por sambas tradicionais e toadas clássicas. "Vermelho", "Bailarina", "Festa da raça" e "Gavião real", fazem parte da lista. No set de enredos, Silva cita "Pandeiro é meu nome", "Diário de um boêmio", "É preciso muito amor" e "Tempo Bom". "Essas canções sempre são solicitadas pelo público e não podem faltar. Em uma hora de musical, a plateia ouve as letras que marcaram nossa história", comenta o cantor.
    Para Silva, o retorno ao Espaço é uma oportunidade de transmitir os principais sambas de enredo de forma intimista. O cantor relata que aprecia a boa música e que sempre estará presente em locais que adotem o ritmo como ponto principal de trabalho. "Prestigio os espaços culturais existentes na cidade, principalmente aqueles que são adaptados ao samba. Onde esse segmento estiver, tenha certeza que estarei lá. É só me convidar", expressa aos risos.
    Espaço abre as portas às 18h. O show inicial é de Rodrigues e às 21h, Silva assume o comando da festa. Os músicos serão acompanhados pelo Grupo Quintal, formado por Cláudio Nunes (violão de seis cordas), Rogério De Mozzi (cavaquinho), Douglas do Reino (pandeiro) e Mestre Saúba (surdo).
    De acordo com Rodrigues, a pausa momentânea dos trabalhos foi motivada pelas festas de final de ano. O cantor ressalta que Silva pode ser considerado como um parceiro do Espaço Cultural pela disponibilidade e atenção dedicada ao local. "Ninguém melhor do que Silva para abrir as atividades deste ano. É um artista renomado e que faz parte da cultura local. A casa é simples, da mesma forma que o convidado", expressa Rodrigues. "Não há muito o que preparar. O show está pronto", avisa.