Fonte: OpenWeather

    Tribalismo manauara


    Conheça 'Os Maninhos', grupo manauara criado após conversa no WhatsApp

    Ritmos amazônicos como cumbia, gambá, carimbó e toada ritual, por exemplo, podem ser considerados a base da musicalidade do trio

     

    | Foto: Anália Nogueira

    Manaus - Em meio ao período pandêmico, uma conversa de WhatsApp deu origem ao trio "Os Maninhos", criado em agosto de 2020. Desde lá, os encontros entre Magaiver Santos, Agenor Vasconcelos e Marcelo Nakamura renderam o primeiro EP, que será lançado nesta sexta-feira (7) em todas as plataformas de música. Pré-save disponível em https://ps.onerpm.com/4616475727

    O cancelamento dos eventos que sustentavam os músicos manauaras, instigou as reuniões entre o trio para compor novas músicas. “Logo no primeiro encontro surgiu uma música e tínhamos a sensação de ter descoberto a pólvora. O processo foi divertido e prazeroso”, explica Agenor Vasconcelos.

    Ritmos amazônicos como cumbia, gambá, carimbó e toada ritual, por exemplo, podem ser considerados a base da musicalidade do trio, mas se prender a um estilo não é proposta d’Os Maninhos.

     

    | Foto: Anália Nogueira

      "Além desses ritmos mais relacionados ao mundo Amazônico, gravamos uma música em ritmo de funk que fala de uma história de amor bem bacana. Nosso processo criativo não vê muitas barreiras, fazemos referência a disco voadores e festas raves em ritmo de carimbó. Nossa especialidade é a mistura”, diz Agenor.  

    Em mais de dez anos de trajetória na cena musical, cada músico tem projetos e carreiras já encaminhadas e dizem ter Os Maninhos como uma válvula de escape criativa.

    “É um tribalismo manauara. Fomos descobrindo novos caminhos que antes não conseguíamos avistar” completa Agenor.

    Com 5 faixas, o EP homônimo foi gravado durante reuniões que aconteceram, principalmente, na casa de Marcelo Nakamura.

     

    | Foto: Anália Nogueira

    Agenor levou os equipamentos e realizou as gravações. Parte das vozes e violões foram gravados no estúdio Tupira, em outubro de 2020.Os Maninhos e Lei Aldir BlancO EP é um dos desdobramentos do projeto audiovisual Os Maninhos - Série documental sobre a música manauara, resultado dos investimentos da Lei Aldir Blanc e captado por meio do Edital Conexões Culturais 2020 da Prefeitura de Manaus. Material disponível emhttps://bit.ly/2Rt9fNM

    ‘Dia Mais Quente’Primeira faixa apresentada ao público, a música ‘Dia Mais Quente’ chegou com um videoclipe lançado em abril. Com ritmos e cores quentes, o videoclipe traz ao público um mergulho na experiência das pequenas festas de interior e permite sentir, junto com os personagens, a vibração da música dançante apresentada pelo trio.

     

    | Foto: Anália Nogueira

    O trabalho marca a estreia da coletânea audiovisual Neon do Norte e pode ser visto no Youtube (bit.ly/neondonorte) e no site oficial do projeto (www.neondonorte.com)

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Banda de forró de Manaus faz show para mais de 500 pessoas em Coari

    Cantor Ray Reyes, ex-Menudo, morre aos 51 anos

    Show online marca retorno da rapper amazonense Catarina aos palcos