Fonte: OpenWeather

    Literatura


    Prêmio Literário Cidade de Manaus segue com inscrições abertas no AM

    Premiação busca mostrar novos artistas ao público, além de exaltar a literatura local e nacional

    Prêmios Literários Cidade de Manaus buscam revelar novos talentos | Foto: Reprodução

     

    Prêmios Literários Cidade de Manaus buscam revelar novos talentos
    Prêmios Literários Cidade de Manaus buscam revelar novos talentos | Foto: Reprodução

    Manaus - O prêmio literário da Cidade de Manaus encerra inscrições no próximo dia 23 de junho. Lançado pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura), com apoio da Fundação Municipal de Cultura (Manauscult), o "Prêmios Literários Cidade de Manaus" está há nove dias de encerrar as inscrições.

    A premiação está em sua décima edição, contempla categorias nacionais e regionais e permite a inscrição de obras inéditas

    O Concultura prevê que o concurso consiga um novo recorde na quantidade de inscritos do ano de 2020, que teve 164 inscritos. De acordo com o presidente, o escritor e estudioso da literatura Tenório Telles, o edital da edição atual já registra 160 inscritos, e as inscrições só terminam no dia 23.

    A inscrição está sendo realizada exclusivamente pela internet, através do endereço https://concultura.manaus.am.gov.br/premio-literario

    "

    Ainda temos mais nove dias para inscrições e o número de inscritos já é quase o do ano passado, então estamos muito satisfeitos de ver que estes são Prêmios que estão chamando atenção das pessoas e que estão atraindo vários artistas "

    Tenório Telles, escritor

     

    Os prêmios em dinheiro serão de R$ 5 mil nas categorias nacionais e R$ 3 mil nas categorias regionais, que exigem que o participante comprove morar em Manaus há pelo menos três anos.


     

    Confira o edital do prêmio
    Confira o edital do prêmio | Foto: Reprodução

      A documentação necessária inclui RG, CPF, comprovante de residência e certidões negativas de dívida municipal, estadual e federal.  

    Prêmios buscam diversidade nos gêneros

    A premiação possui destaque na diversidade. Catorze gêneros literários são contemplados no edital, incluindo não apenas ficção e poesia, mas ensaios de diversas naturezas, teatro infantil, livro de memórias e jornalismo literário. Segundo Telles, a premiação busca exaltar a totalidade da produção escrita contemporânea no país.

    "

    Visamos, em primeiro lugar, incentivar a produção literária do país por meio dos prêmios atribuídos às diversas categorias. Em segundo lugar, queremos gerar oportunidade de uma renda a quem se dedica à atividade cultural: os primeiros colocados receberão uma gratificação em dinheiro, que busca ajudar e incentivar o trabalho criativo neste momento difícil "

    Tenório Telles, escritor

     

    O presidente do Concultura deu destaque às categorias ensaísticas, que estudam a sociedade, o cinema e a literatura.

    "Os prêmios têm essa função: promover os estudiosos que se dedicam aos mais diversos segmentos literários. No caso dos intelectuais amazonenses que pesquisam nossa cultura, esse edital contempla justamente seu estudo, porque temos uma variedade de categorias que prestigiam a pesquisa regional e nacional. Esperamos revelar uma nova geração de escritores e também de pesquisadores da cultura", destacou Tenório.

    Outro ponto importante levantado por Tenório foi a importância que novos talentos e literatura possuem para contextualizar e aliviar momentos difíceis como a atual pandemia, em que Manaus foi uma das cidades que mais sofreu perdas.

    "Nesse momento, em que esperamos poder sair dessa dificuldade que é a pandemia, esperamos que esses trabalhos possam ser lidos pela sociedade, e que esses autores possam contribuir ofertando também com a sua palavra, buscando a construção coletiva de uma mensagem positiva, afirmativa, uma mensagem de vida que ajude a motivar as pessoas a continuar suas lutas. Nossa cidade e o país estão precisando disso, para que possamos retomar nossa vida social e cultural. A literatura é fundamental nisso, porque ela é a confiança nas possibilidades do ser humano", finalizou. 

    Nacionais e regionais

    As categorias e denominações nacionais, de acordo com o Decreto nº 4603/19, são: Prêmio Álvaro Maia, destinado ao melhor romance ou novela; Arthur Engrácio, de contos; Violeta Branca Menescal, de poesia; Péricles Moraes, de crônicas; Aldemar Bonates, texto teatral para adultos; Álvaro Braga, de teatro infantil; Samuel Benchimol, ensaio socioeconômico; Mario Ypiranga Monteiro, ensaio sobre tradições populares (folclore); Arthur Reis, ensaio histórico; Luiz Ruas, ensaio sobre literatura (letras); Cosme Alves Neto, ensaio sobre cinema; Áureo Nonato, de memória; Clóvis Barbosa, ao melhor texto de jornalismo literário; e Prêmio Alfredo Fernandes, destinado ao melhor texto de literatura infantil.

    As categorias e denominações regionais são Prêmio Álvaro Maia, destinado ao melhor romance ou novela; Arthur Engrácio, de contos; Violeta Branca Menescal, de poesia; Mario Ypiranga Monteiro, ensaio sobre tradições populares (folclore); Áureo Nonato, de memória; e Prêmio Alfredo Fernandes, destinado ao melhor texto de literatura infantil.

    Leia mais:

    Artista indígena expõe obra no Museu de Arte do Rio

    Programa Literatura da Gente estreia segunda temporada neste domingo

    Lorenzo Fortes lança primeiro DVD 'Atemporal' durante Live