Fonte: OpenWeather

    CINEMA


    Já assistiu histórias de antologia? Confira dicas desse tipo de filme

    EM TEMPO traz dicas de antologias do cinema dos mais variados gêneros

    Confira dicas de filmes no formato de antologias. Pôster da animação de antologia Memories, de Katsuhiro Otomo. | Foto: Reprodução

     

    Confira dicas de filmes no formato de antologias. Pôster da animação de antologia Memories, de Katsuhiro Otomo.
    Confira dicas de filmes no formato de antologias. Pôster da animação de antologia Memories, de Katsuhiro Otomo. | Foto: Reprodução

    Manaus - Antologias, aqueles filmes que contam várias histórias e segmentos diferentes, fazem parte do cinema desde suas primeiras décadas. 'Intolerance', de 1916, dirigido por D.W. Griffith, abordou o tema da persistente intolerância do ser humana em quatro segmentos diferentes ao longo de 2500 anos da História - na Babilônia, na Judeia de Cristo, na França do século XVI e nos EUA do começo do século XX.

      O filme de Griffith, considerado um dos maiores filmes de todos os tempos, teve repercussões que ecoaram por todo o desenvolvimento do cinema, servindo de inspiração para diretores que fundamentaram a arte, como Charles Chaplin, Lev Kuleshov, Orson Welles, Carl Theodor Dreyer, Jean Renoir e Sergei Eisenstein.  

    Enquanto os revue films saíram de moda, a antologia acabou por se tornar uma formatação de filmes e, posteriormente, da televisão, originando séries como Alfred Hitchcock Apresenta, todas as versões de Além da Imaginação e as recentes Black Mirror e Garota do Lado.

      Outros gêneros semelhantes à antologia surgiram, como o composite film, que também apresenta histórias ou personagens diferentes, mas que estão mais ligados por mais elementos unificadores ou enredos que se encontram, exemplo de produções como 'Magnólia', de Paul Thomas Anderson, 'Kanchenjungha', de Satyajit Ray e '32 curtas sobre Glenn Gould', de François Girard.  

    O EM TEMPO preparou uma lista de filmes desse formato surpreendente, que sempre busca em um filme a proeza de fazer o espectador se identificar com novos personagens e histórias ao longo de uma mesma projeção. Confira:

    Muralhas de Terror (Roger Corman, 1962)

     

    'Muralhas de Terror' fez parte de um ciclo de filmes dirigidos por Roger Corman e baseados em Edgar Allan Poe.
    'Muralhas de Terror' fez parte de um ciclo de filmes dirigidos por Roger Corman e baseados em Edgar Allan Poe. | Foto: Reprodução

    Esta clássica antologia de horror faz parte das oito adaptações cinematográficas da obra de Edgar Allan Poe que Roger Corman dirigiu para a American International Pictures (AIP) no começo dos anos 60. Vincent Price, o 'Mestre do Horror' estrela os três segmentos, baseados nos contos "Morella", "O gato preto" e "O caso do sr. Valdemar" do escritor gótico. Também participam do filme Peter Lorre (Dr Strangelove, Um Convidado Bem Trapalhão, Lolita) e Basil Rathbone (conhecido como o mais famoso Sherlock Holmes do cinema). O roteiro do filme foi assinado pelo famoso escritor de ficção científica Richard Matheson, autor de 'Eu sou a Lenda'.

    Contos do além (Freddie Francis, 1972)

     

    Contos do Além é a adaptação da famosa revista em quadrinhos 'Tales from the Crypt', da EC Comics
    Contos do Além é a adaptação da famosa revista em quadrinhos 'Tales from the Crypt', da EC Comics | Foto: Reprodução

    Outro clássico de horror, desta vez estrelado por Peter Cushing, grande astro das lendárias produções da Hammer, este filme adapta cinco histórias da popular revista em quadrinhos de Tales from the Crypt, da EC Comics (publicada no Brasil como Kripta). Todas as histórias são contadas pelo misterioso Guardião da Cripta, que faz uma pessoa poder reviver a forma que morreu.

    Heavy Metal (Gerald Potterman, 1981)

     

    Outra adaptação dos quadrinhos, desta vez da lendária Heavy Metal, vertente americana da francesa Metal Hurlant, que apresentou ao mundo Moebius e Stefano Tamburini.
    Outra adaptação dos quadrinhos, desta vez da lendária Heavy Metal, vertente americana da francesa Metal Hurlant, que apresentou ao mundo Moebius e Stefano Tamburini. | Foto: Reprodução

    Produzida pelo diretor de 'Os caça-fantasmas', Ivan Reitman, e dirigido por Gerald Potterman, Heavy Metal adapta diversos histórias da revista em quadrinhos de fantasia e ficção científica Heavy Metal, versão americana da Metal Hurlant, publicação de quadrinhos europeia que revolucionou os quadrinhos e apresentou ao mundo artistas como Moebius e Stefano Tamburini. No filme, um orbe maligno e senciente, conhecido como Loc-Nar, conta como corrompeu diversos lugares do universo - e a presença dele uma amarra para o início de todas as histórias.

    Memórias (1995, Katsuhiro Otomo)

     

    'Memories', desenvolvido por Katsuhiro Otomo, famoso pelo colossal Akira, apresenta três segmentos de temas e formas de animação distintas.
    'Memories', desenvolvido por Katsuhiro Otomo, famoso pelo colossal Akira, apresenta três segmentos de temas e formas de animação distintas. | Foto: Reprodução

    Esta animação de Katsuhiro Otomo, famoso pelo cultuado Akira, apresenta três distintos segmentos - cada um com tons narrativos e abordagens diferentes de animação. Os segmentos navegam por diversos gêneros, como ficção científica drama, comédia e distopia. No primeiro segmento, uma equipe de astronautas que trabalha como 'catadores de sucata espacial' descobrem uma misteriosa mansão no meio de detritos de naves no espaço; na segunda parte, um rapaz desatento causa caos no Japão ao ingerir um composto químico que o faz exalar um odor que mata quem entrar em contato, com consequências absurdas e hilárias; o terceiro segmento aborda uma sociedade que vive em torno dos canhões que dispara eternamente contra um inimigo que não pode ver, e foi desenvolvida por Otomo como um segmento praticamente sem cortes.

    Eros (vários diretores, 2004)

     

    Segmentos feitos por três autores prestigiados investigam o erotismo, o amor e o sexo a partir de seus olhares distintos.
    Segmentos feitos por três autores prestigiados investigam o erotismo, o amor e o sexo a partir de seus olhares distintos. | Foto: Reprodução

    Três segmentos dirigidos pelos celebrados realizadores Wong Kar-Wai, Steven Soderbergh e Michelangelo Antonioni abordam aspectos universais do amor e do sexo pelas mais variadas perspectivas.

    Pequenas Histórias (Helvécio Ratton, 2007)

     

    Em 'Pequenas Histórias', Marieta Severo representa uma senhora que conta de sua varanda histórias que povoam o imaginário nacional.
    Em 'Pequenas Histórias', Marieta Severo representa uma senhora que conta de sua varanda histórias que povoam o imaginário nacional. | Foto: Reprodução

    Uma senhora brasileira, interpretada por Marieta Severo conta histórias do nosso folclore e da cultura dos interiores brasileiros na varanda de uma fazenda, tocando no imaginário cultural através de nossos medos, encantos, tradições e esperanças. Além de Severo, o elenco ainda conta com Paulo José, Patricia Pillar, Gero Camilo, Manuelita Lustosa, Maria Gladys e Mauricio Tizumba.

    Relatos Selvagens (Damian Szifrón, 2014)

     

    Nesta antologia, o diretor argentino Damian Szifrón expõe de maneira hilária que situações de extremo estresse podem reduzir qualquer um a atos da mais pura loucura por alguns momentos.
    Nesta antologia, o diretor argentino Damian Szifrón expõe de maneira hilária que situações de extremo estresse podem reduzir qualquer um a atos da mais pura loucura por alguns momentos. | Foto: Reprodução

    Dirigido por Damian Szifrón, produzida por Pedro Almodóvar e estrelada por Ricardo Darín e Rita Cortese, esta comédia hispano-argentina apresenta seis histórias sobre personagens que, após situações de estresse e conflito absurdo, tem uma reação extrema e causam caos ao seu redor, expondo a linha tênue entre a 'civilidade' que supomos uns dos outros em sociedade e a barbárie que espreita sob a superfície.

    A balada de Buster Scruggs (Joel e Ethan Coen, 2018)

     

    Neste filme dos Irmãos Coen, vários personagens com a assinatura característica dos diretores vivem situações inusitadas no Velho Oeste.
    Neste filme dos Irmãos Coen, vários personagens com a assinatura característica dos diretores vivem situações inusitadas no Velho Oeste. | Foto: Reprodução

    Construído a partir de diversos roteiros que os irmãos Coen acumularam ao longo das décadas, este filme é de um gênero que não costuma formatar-se muito como antologia: o faroeste. Povoando os seis segmentos, está a rica fauna criada pelos Coen, formada por pessoas excêntricas e memoráveis que vivem inusitadas situações na chamada 'Fronteira Americana' (ou Velho Oeste).

    Please Do Not Disturb (Mohseh Abdolvahab, 2010)

     

    Em Teerã, as histórias de três personagens buscando resolver problemas cotidianos se desenrola.
    Em Teerã, as histórias de três personagens buscando resolver problemas cotidianos se desenrola. | Foto: Reprodução

    Ambientado na Teerã moderna, este filme conta três cativantes histórias de personagens 'comuns' e que não seriam percebidos no dia-a-dia: uma mulher é agredida pelo marido e busca as autoridades para prestar queixas; um clérigo busca sua carteira que foi roubada por um ladrão; a TV de um casal de idosos quebra e eles têm medo de abrir a porta para o técnico, já que estão sozinhos no quarto.

    Leia mais:

    No dia do Cinema Nacional, confira dicas de grandes filmes do Brasil

    Confira filmes para assistir com o crush nesse Dia dos Namorados

    Curtas do amazonense Bruno Pereira chamam atenção em festivais