Fonte: OpenWeather

    Lançamento


    “Casa de Caba” faz live de pré-lançamento de novo disco em Manaus

    O título do disco é inspirado na maior serpente peçonhenta da América Latina, popularmente conhecida como surucucu

     

    Com duração de uma hora, a live vai apresentar ao público o repertório do novo álbum
    Com duração de uma hora, a live vai apresentar ao público o repertório do novo álbum | Foto: Juliana Pesqueira

    Manaus (AM)- Diretamente do palco histórico e glorioso Teatro Amazonas, a banda amazonense Casa de Caba prepara terreno para a chegada de seu novo disco, intitulado “Pico de Jaca”, com uma live de pré-lançamento no próximo domingo (1), a partir das 19h.

    A transmissão será feita pelos canais oficiais da banda no Instagram  e no Youtube.

    Com duração de uma hora, a live vai apresentar ao público o repertório do novo álbum, além de três grandes sucessos da banda.

    A produção é da Chá de Papoulas, com captação e transmissão pela produtora audiovisual La Xunga. O show também conta com a presença de músicos da Orquestra Amazonas Filarmônica, que participaram da gravação do novo disco.

    “Pico de Jaca” reúne oito faixas, seis delas inéditas, e tem lançamento previsto para a segunda quinzena de agosto.

    O disco foi gravado entre abril e junho de 2021 em Manaus e  Boa Vista. O título é inspirado na maior serpente peçonhenta da América Latina, popularmente conhecida como surucucu.

    "

    Entregamos ao público agora um pouco, ou um muito, disso que somos. Da vontade de se comunicar com o mundo, é que nasce esse novo disco. Produzido e esquematizado no extremo norte, é fruto do calor como tudo que nos é familiar nesta Manaus que nos envolve "

    Magaiver Santos, vocalista e compositor da Casa de Caba

     

    A apresentação de pré-lançamento será feita exclusivamente via plataformas digitais, sem acesso presencial.

     

    A banda é formada por Magaiver Santos (vocalista), Jeorgio Claudino (guitarrista), Samir Torres (baixista), Erika Tahiane (percussionista), Paulo Pereira (percussionista), Alfredo Jatobá (flautista) e João Carlos (baterista)
    A banda é formada por Magaiver Santos (vocalista), Jeorgio Claudino (guitarrista), Samir Torres (baixista), Erika Tahiane (percussionista), Paulo Pereira (percussionista), Alfredo Jatobá (flautista) e João Carlos (baterista) | Foto: Juliana Pesqueira

    “Trata-se de um momento muito especial para a banda, que hoje se encontra em sua fase mais madura. Gostaríamos de dividir de perto essa energia com o ‘vespeiro’, mas optamos por restringir o acesso ao Teatro à equipe técnica e músicos, em respeito às normas de segurança em relação a pandemia da Covid-19”, ressaltou a produtora executiva Anália Nogueira.

    Casa de Caba

     

    A produção de “Pico de Jaca” tem direção musical de Jeorgio Claudino e contou com o apoio do edital emergencial Prêmio Feliciano Lana - Lei Aldir Blanc
    A produção de “Pico de Jaca” tem direção musical de Jeorgio Claudino e contou com o apoio do edital emergencial Prêmio Feliciano Lana - Lei Aldir Blanc | Foto: Juliana Pesqueira

    Desde 2012 na cena amazonense, a banda Casa de Caba é marcada pela experimentação e mistura de ritmos, fundindo elementos de rock, maracatu, coco, baião, ritmos africanos, entre outros. No catálogo, o grupo conta com os discos “Casa de Caba” (2016) e “Fogo Aflora” (2020). Já no novo álbum, a fusão que vai do ijexá à polka russa terá ainda a marca de arranjos de orquestra.

    A banda é formada por Magaiver Santos (vocalista), Jeorgio Claudino (guitarrista), Samir Torres (baixista), Erika Tahiane (percussionista), Paulo Pereira (percussionista), Alfredo Jatobá (flautista) e João Carlos (baterista).

    Entre os músicos convidados da Orquestra Amazonas Filarmônica, estão Adriana Velikova (violoncelista), Vesela Bibashka (violista), Hristo Ganev (corne inglês), Washington Santos (fagotista), Gloria Subieta (clarinete) e Maria Grigorova (doutora em violino e professora titular da UFAM), além de João Paulo Ribeiro (percussionista), do grupo Gaponga. Jeorgio Claudino assina os arranjos de orquestra, e a pré-produção, direção do projeto e produção musical têm assinatura de Bebeco Pujucan (Estúdio Parixara - RO).

    A produção de “Pico de Jaca” tem direção musical de Jeorgio Claudino e contou com o apoio do edital emergencial Prêmio Feliciano Lana - Lei Aldir Blanc, via Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e Governo Federal, por meio da Secretaria Especial da Cultura.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Banda Doral e Duda Raposo lançam single sobre amores inesquecíveis

    Chapéu de palha lança videoclipe lançado em Novo Airão, no AM