Fonte: OpenWeather

    Exposição


    Shopping do Artesanato recebe exposição “Cocares Emoldurados”

    A mostra está reunindo além dos cocares, outros elementos que compõem os traços indígenas

     

    A exposição será aberta na quinta-feira (5) e permanecerá no Shopping do Artesanato e Economia Solidária por 30 dias
    A exposição será aberta na quinta-feira (5) e permanecerá no Shopping do Artesanato e Economia Solidária por 30 dias | Foto: Divulgação/Setemp

    Manaus (AM)- O Shopping do Artesanato e Economia Solidária recebe pela segunda vez a exposição “Cocares Emoldurados”, que reúne obras e peças do artista plástico e figurinista parintinense, Alessandro Oliveira.

    A exposição será aberta na quinta-feira (5) e permanecerá no Shopping do Artesanato e Economia Solidária por 30 dias.

    A mostra está reunindo além dos cocares, outros elementos que compõem os traços indígenas elaborados pelo artista que, sem o Festival de Parintins e sem o Carnaval, buscou se reinventar para atender o mercado cultural em razão da pandemia de Covid-19.

    "

    Estamos sempre à disposição e de portas abertas para receber todos os profissionais que dedicam suas vidas em fazer artes, por meio do artesanato. Temos certeza de que esse evento será um sucesso, assim como foi o primeiro "

    Neila Azrak, titular da Setemp

     

    A exposição de cocares é um projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc, criada para auxiliar os trabalhadores da cultura, grandemente impactados em função da pandemia. A proposta é pioneira na carreira do artista.

    O Shopping do Artesanato e Economia Solidária fica na Galeria+, na avenida Djalma Batista, 1.018, bairro Chapada, zona Centro-Sul de Manaus, e funciona de segunda a sábado, no horário das 10h às 17h.

    A Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), é responsável pelo espaço.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Conheça o "grito amazônico" de Tatiana Sobreira

    Exposição em Manaus já recebeu mais de mil visitantes