Fonte: OpenWeather

    Literatura


    Conheça os vencedores dos Prêmios Literários Cidade de Manaus 2021

    Os vencedores da 10ª edição dos Prêmios Literários Cidade de Manaus 2021 foram divulgados, nesta quinta-feira, 16/9, pela Prefeitura de Manaus

     

    Para o presidente do Concultura, Tenório Telles, os Prêmios Literários Cidade de Manaus se consolidam como uma oportunidade para os criadores da palavra.
    Para o presidente do Concultura, Tenório Telles, os Prêmios Literários Cidade de Manaus se consolidam como uma oportunidade para os criadores da palavra. | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Os vencedores da 10ª edição dos Prêmios Literários Cidade de Manaus 2021 foram divulgados, nesta quinta-feira, 16/9, pela Prefeitura de Manaus, por meio do Conselho Municipal de Cultura (Concultura). A lista completa dos vencedores, será publicada no Diário Oficial do Município (DOM).

    O prêmio nacional Álvaro Maia, na categoria Romance, no valor de R$ 5 mil, saiu para Manaus, para a escritora Sandra Maria Godinho Gonçalves. Na categoria regional de Romance e Novela não houve vencedor. 

    Para o presidente do Concultura, Tenório Telles, os Prêmios Literários Cidade de Manaus se consolidam como uma oportunidade para os criadores da palavra. “A premiação e o reconhecimento, para os vencedores são estímulos para os escritores. A ação faz parte do programa da Prefeitura de Manaus de fomentar as atividades culturais e gerar possibilidades para os autores que acreditaram nessa premiação que leva o nome de Manaus”, comentou.

    Além de parabenizar os vencedores, Tenório também informou que em breve será realizada a solenidade para a entrega dos prêmios. Todos os vencedores vão ganhar a edição das obras em formato digital, e está em estudo a viabilidade de impressão das obras selecionadas.

    Dos 14 vencedores cinco autores são residentes em Manaus, e das 20 categorias concorrentes em nível regional e nacional, 14 obras foram vencedoras (11 prêmios na categoria Nacional e 3, Regional); seis não alcançaram a média mínima de 70 pontos ou número mínimo de duas obras (3, nacional e 3, regional) pela análise da comissão julgadora.

    O concurso literário deste ano teve o número recorde de 710 inscritos, o maior em 16 anos de existência. Todos os vencedores em nível nacional irão receber a quantia de R$ 5 mil, enquanto os regionais, R$ 3 mil. 

    Ganhadores

    Nacional

    Romance ou novela (prêmio Álvaro Maia) - Sandra Maria Godinho Gonçalves- Manaus (AM) 

    Contos (prêmio Arthur Engrácio) - Tiago Raul Feijó Silva – Guaratinguetá (SP) 

    Poesia (prêmio Violeta Branca Menescal) - Carlos Nathan Sousa Soares – São Gonçalo do Piauí (PI) 

    Crônicas (prêmio Péricles Moraes) - Arzírio Alberto Cardoso – Campo Largo (PR) 

    Teatro (prêmio Aldemar Bonates) - Alex Apolônio Soares – Garanhuns (CE) 

    Teatro Infantil (prêmio Álvaro Braga) - Mário Sérgio Farci – Valinhos (SP) 

    Ensaio socioeconômico (prêmio Samuel Benchimol) - Evandro Brandão Barbosa – Manaus (AM) 

    Ensaio histórico (prêmio Arthur Reis) - Rômulo do Nascimento Pereira – Manaus (AM) 

    Ensaio cinema (prêmio Cosme Alves Neto) - Sávio Luis Stoco – Belém (PA) 

    Memória (prêmio Áureo Nonato) - Jacques Fux – Belo Horizonte (MG) 

    Literatura Infantil (prêmio Alfredo Fernandes) - Everson Bertucci – Itajaí (SC).
     

    Não houve vencedores nos prêmios:

    Jornalismo Literário (prêmio Clóvis Barbosa).

    Literatura Letras (prêmio Luiz Ruas).

    Ensaio Folclore (prêmio Mario Ypiranga Monteiro).
     
    Regional

    Poesia (prêmio Violeta Branca Menescal) - Grace da Silva Cordeiro – Manaus (AM) 

    Ensaio Folclore (prêmio Mário Ypiranga Monteiro) - Rodrigo de Araújo Ribeiro – Manaus (AM) 

    Literatura Infantil (prêmio Alfredo Fernandes) - Cynthia Almeida de Souza – Manaus (AM) 

    Não houve vencedores nos prêmios:

    Memória (Áureo Nonato),

    Conto (Arthur Engrácio),

    Romance Novela (Álvaro Maia).