Fonte: OpenWeather

    Curta-metragem


    Produção do AM recebe “Menção Especial do Júri” em Festival

    O curta aborda o relacionamento de três jovens no qual a violência e as incertezas do cotidiano dividem a experiência dos personagens

     

    Para o diretor, um dos méritos do filme consiste em apresentar uma cidade diferente do cenário marcado pelo trauma da pandemia
    Para o diretor, um dos méritos do filme consiste em apresentar uma cidade diferente do cenário marcado pelo trauma da pandemia | Foto: Reprodução

    MANAUS (AM)- A produção "Manaus Hot City", do diretor amazonense Rafael Ramos, recebeu Menção Especial do júri na edição deste ano do Shorts Mexico, um dos maiores festivais de curtas-metragens em língua espanhola.

    A lista dos vencedores dentre as 600 obras selecionadas de 50 países foi divulgada na última sexta-feira (24). "Manaus Hot City" participou da categoria Mostra Competitiva Ibero-americana de ficção.

    "

    É o resultado de muito esforço. Produzimos o filme de forma totalmente independente, com recursos próprios. Ter a oportunidade de participar e sair premiado no final é sem dúvida uma alegria muito grande, um prêmio para toda a equipe "

    Rafael Ramos, diretor amazonense

     

    O curta aborda o relacionamento de três jovens no qual a violência e as incertezas do cotidiano dividem a experiência dos personagens.

    Para o diretor, um dos méritos do filme consiste em apresentar uma cidade diferente do cenário marcado pelo trauma da pandemia - o filme foi lançado nesse período.

    "'Manaus Hot City' é um respiro, um afago no meio de tanta coisa ruim que a gente teve que ouvir sobre nossa cidade", comentou Ramos.

    Na cerimônia de premiação, os jurados justificaram a escolha pela menção honrosa ao destacar que "a fotografia, em toda a sua intimidade, foi capaz de nos fazer sentir as mais pequenas sutilezas dos ambientes e lugares que seus personagens habitam".

    "Manaus Hot City" já recebeu o prêmio Canal Brasil de Melhor Curta Nacional no Festival Cine Pernambuco e Menção Honrosa no Festival Curtas Vazantes. Ganhou o prêmio de Melhor Curta-Metragem do Festival Mammonth Lake Film Festival 2021, e participou do Festival Internacional de Curtas Metragens do Rio de Janeiro e da Retrospectiva do Cinema Brasileiro em 2020.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Curta amazonense é destaque em festivais da Suécia e Turquia 

    Coreógrafo do Amazonas é tema de minidocumentário