Fonte: OpenWeather

    EDUCAÇÃO


    Livro de poemas sobre a pandemia vira minidocumentário no Amazonas

    O objetivo é que, ao longo das próximas postagens, sejam disponibilizados vídeos de todos os poemas que integram o projeto

     

    “Declamações” é gravado em pontos turísticos de Manaus com vídeos no YouTube.
    “Declamações” é gravado em pontos turísticos de Manaus com vídeos no YouTube. | Foto: Divulgação/Marcelo Silva

    MANAUS (AM)- Os estudantes da Escola Estadual Wilma Vitoriano Geber estão levando os poemas que compõem a coletânea "Pandemia: Antologia Poética de um Quarentena" a um novo formato: o de minidocumentário.

    O projeto foi lançado há um ano e seis meses. Conduzidos pelos professores Marcelo Silva e Erilda Duarte, eles iniciaram o projeto “Declamações”, uma série de vídeos que mostram os pequenos autores recitando seus textos autorais.

    A iniciativa está disponível no YouTube, no canal “Estudando e Pesquisando”, por meio do link: https://bit.ly/39H1ucV.

      O objetivo é que, ao longo das próximas postagens, sejam disponibilizados vídeos de todos os poemas que integram “Pandemia: Antologia Poética de Uma Quarentena”.  

    Até o momento, já podem ser conferidas as declamações “O valor de uma vida”, “Economia mundial”, “Eu quero meus coroas vivos” e “Flexibilização da quarentena”, das alunas Juliany Mitouzo, Yasmin Pacheco, Ana Cecília e Glenda Thais, respectivamente.

    Ideia

    "

    A ideia do documentário surgiu da necessidade de trabalhar a declamação de poemas [por isso o título ‘Declamações’]. Pretendemos continuar trabalhando com este projeto nos próximos anos, mas queremos não somente ensinar os alunos a construírem seus poemas. Queremos também trabalhar a declamação de cada um deles, visto que o poema é o texto escrito, e a poesia é a emoção e o encanto que se originam dele "

    Marcelo Silva, professor

     

    O educador acredita que os episódios gravados das declamações podem servir de um rico material pedagógico e continuar ajudando os estudantes que seguirão na unidade escolar.

    Participam de “Declamações” todos os alunos autores de “Pandemia: Antologia Poética de Uma Quarentena”.

    Cada episódio é gravado em algum ponto turístico de Manaus, respeitando todos os protocolos de segurança e em consentimento da direção escolar, dos familiares e também da Coordenadoria Distrital de Educação 6 (CDE 6), responsável pela Escola Estadual Wilma Vitoriano Geber.

    A estudante Yasmin Pacheco, do 5º ano do Ensino Fundamental, adorou a experiência de declamar, em vídeo, o seu poema “Economia mundial”.

    "

    Participar da produção desse minidocumentário me ajudou a transmitir de modo claro as minhas ideias e sentimentos por meio da leitura "

    Yasmin Pacheco, estudante do 5º ano do Ensino Fundamental

     

    Assim como o livro de poemas incentivou os alunos da unidade a se interessarem pelo gênero textual, a estudante Glenda Thais defende que “Declamações” terá o mesmo efeito.

    Além do canal no YouTube, os vídeos podem ser conferidos, também, no Facebook e no Instagram oficiais da unidade (@wilmageber) e das turmas (@estudandoepesquisando).

     

    “Declamações” é gravado em pontos turísticos de Manaus e tem vídeos disponibilizados no YouTube.
    “Declamações” é gravado em pontos turísticos de Manaus e tem vídeos disponibilizados no YouTube. | Foto: Divulgação/Marcelo Silva

    O livro trouxe bons frutos à Escola Estadual Wilma Vitoriano Geber. Professores de outras unidades da rede estadual, como o Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa, adquiriram a coletânea de poemas e o grupo foi convidado para gravar diversas entrevistas, inclusive um especial para o programa “Cemeando”, promovido pelo Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam).

    Após o sucesso da obra de poemas, Marcelo Silva e os estudantes envolvidos trabalham, agora, em uma continuação, intitulada “Pandemia: Antologia Poética de Uma Esperança

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    A literatura no Amazonas: saiba mais sobre os 'escritores da floresta'

    Com livro sobre audição, amazonense concorre ao Prêmio Jabuti

    Escritor amazonense ganha concurso nacional de poesia