Fonte: OpenWeather

    Incentivo


    Estudantes de Parintins fazem trabalho literário de pontos turísticos

    A atividade final foi realizada na última sexta-feira (12), na ocasião, os alunos construíram o Painel Parintins Memória e Literatura, além de realizar o sarau Deleite poético: semeando autores

     

    A atividade final foi realizada na última sexta-feira (12), na ocasião, os alunos construíram o Painel Parintins Memória e Literatura, além de realizar o sarau Deleite poético: semeando autores
    A atividade final foi realizada na última sexta-feira (12), na ocasião, os alunos construíram o Painel Parintins Memória e Literatura, além de realizar o sarau Deleite poético: semeando autores | Foto: Divulgação

    Parintins - Os estudantes da escola estadual São José Operário, situada no município de Parintins, distante a 365 quilômetros de Manaus, desenvolveram trabalhos literárias em sala de aula, baseado em aula interdisciplinar, que contou com a visita dos alunos em pontos turísticos para conhecer a história da Ilha Tupinambarana.

    A atividade contou com a professora Irian Butel, de História, e Francimary Bentes, de Língua Portuguesa. Ao todo 29 alunos participaram desse processo criativo.

    A atividade final foi realizada na última sexta-feira (12), na ocasião, os alunos construíram o Painel Parintins Memória e Literatura, além de realizar o sarau Deleite poético: semeando autores. 

    Segundo a professora Francimary Bentes, é um momento ideal para os alunos adquirirem novos conhecimentos, além do ambiente na sala de aula.

    “Este tipo de atividade, no âmbito escolar promove além de momentos prazerosos, também o aprendizado, uma vez que para sua realização os alunos são estimulados a realizar pesquisas, compreender as características do gênero poema narrativo, o trabalho cooperativo, registro de discussões e confecção dos materiais a serem expostos, que contribuem para o desenvolvimento do aprendizado, acrescentando-lhes, dessa forma, novos conhecimentos”, ressaltou. 

     

    O evento fez um resgate históricos das obras de autores parintinenses.
    O evento fez um resgate históricos das obras de autores parintinenses. | Foto: Divulgação

    Aula de campo

    Em setembro deste ano, os estudantes visitaram pontos turísticos e prédios históricos de Parintins, entre eles, o Mercado Municipal, com ampla visão para o Rio Amazonas, e o letreiro ‘Eu Amo Parintins’, situado no porto do município, que traz elementos sobre as influências culturais da Ilha Tupinambarana, além dos bois Caprichoso e Garantido. Todos os estudantes seguiram as regras de prevenção contra a Covid-19.

    A iniciativa recebeu incentivo da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) de Parintins. Uma das responsáveis pela atividade. A professora Irian Butel destacou o trabalho dos alunos. 

    “O resultado é fruto da nossa aula de campo. Esse contato com os monumentos da cidade foi importante para despertar esse aluno escritor. Eles construiram textos descritivos sobre as unidades históricas. Surge então o olhar sobre a cidade, sobre a memória e estes se tornam fontes da escrita técnica e/ou literária”, disse.

    * Com informações da assessoria

    Leia mais: 

    Livros digitais tornam-se tendência e ganham cada vez mais espaço

    Casinha de Livros chega a quatro escolas de Manaus

    Amazonenses apaixonadas por livros revelam os segredos da leitura