Fonte: OpenWeather

    Premiação


    Produção do AM conquista prêmio de Melhor Curta-Metragem Brasileiro

    "Manaus Hot City", de Rafael Ramos, recebeu o Coelho de Ouro na cerimônia de encerramento no Cine Sesc, em São Paulo

     

    Para Ramos, a passagem pelo Mix foi duplamente especial: pelo prêmio e pela forma como ele participou do evento
    Para Ramos, a passagem pelo Mix foi duplamente especial: pelo prêmio e pela forma como ele participou do evento | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM)- Pela primeira vez, um curta-metragem amazonense conquistou o Prêmio do Júri na categoria Melhor Curta-Metragem Brasileiro no Festival Mix Brasil.

    "Manaus Hot City", de Rafael Ramos, recebeu o Coelho de Ouro na cerimônia de encerramento no Cine Sesc, em São Paulo, no último domingo (21), destacando-se entre os concorrentes de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Piauí e Pará.

    Para Ramos, a passagem pelo Mix foi duplamente especial: pelo prêmio e pela forma como ele participou do evento.

    “Foi a primeira vez que pude assistir ao filme na sala de cinema”, comenta. “Por conta da pandemia, a gente só acompanhou o curta longe do público, nas exibições online dos festivais”.

    Agora, com o Coelho de Ouro, “Manaus Hot City” recebe também os prêmios Dotcine, CTAV e Mistika de incentivo à realização de novos projetos audiovisuais através da parceria do Festival Mix Brasil com apoiadores da área cinematográfica.

    Ramos ainda avalia o bom desempenho de seu curta-metragem como um indicativo da necessidade de políticas públicas de incentivo ao audiovisual no Estado.

    “Acho que esse prêmio é muito importante para a Secretária de Cultura do Estado e a Manauscult entenderem a importância de termos editais de incentivo a nossa produção e como isso ajuda a fortalecer a produção local”, reflete o diretor.

    Sobre o curta

    Em “Manaus Hot City”, acompanhamos a amizade entre Abreu (Frank Kitzinger), Maria (Maria do Rio) e Neide (Vanessa Moraes) numa tarde de verão em Manaus.

    Uma descoberta serve de estopim para debater temas como amizade, amor, saudade e a própria cidade, mostrada através de cenários como a Balsa Amarela, na região da Feira da Manaus Moderna.

    O curta-metragem amazonense tem figurado com destaque em diversos festivais de cinema. Além do Festival Mix Brasil, “Manaus Hot City” já recebeu prêmios de melhor curta de ficção no Mamooth Lakes Film Festival, nos EUA; e uma menção honrosa no Shorts México, o único festival internacional de curtas-metragens do país da América Central. Além disso, “Manaus Hot City” também participou do festival Kinoforum, Cine PE, Festival de Vitória e Festival Curta Cinema.

    Leia mais:

    Produção do AM recebe "Menção honrosa do júri" em Festival 

    Filme do AM é selecionado para festival no Irã

    Festival audiovisual está com inscrições abertas em Manaus