Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Orquestra apresenta obras de Villa-Lobos e Shostakovich

    Dimitri Shostakovich e Heitor Villa-Lobos serão os grandes destaques na apresentação da Orquestra Amazonas Filarmônica - Foto: Reprodução
     
     
    A segunda apresentação da Orquestra Amazonas Filarmônica (OAF) dentro da programação de 2013 da Série Guaraná, acontece nesta quinta-feira (17), a partir das 20h, no Teatro Amazonas.
    No concerto, a orquestra executa obras de três compositores, incluindo o brasileiro Heitor Villa-Lobos e o russo Dmitri Shostakovich, cuja montagem de "Ballet Suite nº 1" é a primeira realizada em solo brasileiro. No repertório, ainda consta a execução escrita pelo também russo Igor Stravinsky, "O Rouxinol".
     
    Shostakovitch é um dos nomes mais respeitados na música clássica contemporânea, uma vez que sua vida e obra se inserem no rol de artistas surgidos nos primórdios do século 20. Suas composições ultrapassam a marca de dez sinfonias e quase outros dez concertos. Cordas e piano são os instrumentos que mais receberam sua atenção, compondo peças exclusivas para estes.
    Segundo o maestro Marcelo de Jesus, que tem a missão de reger a orquestra durante esse concerto, serão executadas as obras "Bachianas Brasileiras nºs 8", de Villa-Lobos. "É a primeira vez que essas composições serão apresentadas em Manaus. Durante a montagem, teremos a participação de Edna D'Oliveira, soprano e uma das principais cantoras líricas do Brasil", diz.
    As Bachianas Brasileiras de Heitor Villa-Lobos representam, ainda, o resultado de observação do compositor brasileiro sobre possíveis semelhanças entre folclore nativo dos povos indígenas do país e obras eruditas de Sebastian Bach.
    A escolha pelo repertório valorizando o ineditismo de algumas peças clássicas, na opinião do maestro, é característica fundamental das apresentações da orquestra ao longo de todas as atividades anuais. Marcelo de Jesus ressalta que até o fim do mês as apresentações da OAF trazem outras composições inéditas para o público e nomes de referência para a regência de algumas oportunidades.
    "Nos próximos dias 24 e 27 de janeiro (quinta-feira e domingo, respectivamente), haverá o mesmo concerto nos dois dias, com duas montagens muito importantes. Será a primeira vez que executaremos no Amazonas algumas obras de Karol Szymanowski ("Sinfonia nº 3", "O canto da noite") e de Sergey Rachmaninov ("Os sinos - sinfonia coral - op. 35")", afirma.
    Nestas duas apresentações, contudo, a regência fica sob a batuta do maestro titular da Orquestra Filarmônica, Luiz Fernando Malheiro, e conta com a participação do Coral do Amazonas. "Como solistas, teremos a participação da soprano francesa, mas que mora em Manaus, Isabelle Sabriér; Enrique Bravo, que é tenor do Coral do Amazonas; e Homero Velho, que é um barítono de Brasília, mas que reside atualmente em São Paulo", completa Marcelo de Jesus.