Fonte: OpenWeather

    Realidade


    Marília Mendonça concorre ao Grammy Latino com DVD gravado em Manaus

    Para comemorar a indicação, a cantora fará show no dia 07 de dezembro na cidade

    O dvd gravado em 2016 no Sambódromo, intitulado “Realidade- Ao vivo em Manaus”, é o segundo álbum da carreira da cantora | Foto: Divulgação

    A cantora sertaneja Marília Mendonça foi indicada ao Grammy Latino 2017, na categoria “Melhor álbum de música sertaneja”. O dvd gravado em 2016 no Sambódromo, intitulado “Realidade- Ao vivo em Manaus”, é o segundo álbum da carreira da cantora. Na ocasião, mais de  40 mil pessoas participaram da gravação.

    Ao EM TEMPO a cantora destacou a felicidade que sentiu ao receber a notícia da indicação ao prêmio, e como esse trabalho e a cidade de Manaus são especiais para ela.  “Estou muito feliz e grata com todas essas boas notícias que venho recebendo nos últimos dias. Cantar e compor é a minha grande paixão e ser reconhecida por isso é maravilhoso”.

    Leia também: Teleton 2017 atinge a quantia de R$296 milhões e supera meta estabelecida pelo SBT

    Em seu Instagram, a cantora fez um "textão" especial aos seguidores. ”Deus me deu o coração de cada um de vocês que me acompanham, que torcem por mim, que vibram com minhas conquistas, que não são só minhas, são nossas! Eu dedico essa indicação à cada um de vocês que voluntariamente ou não, participam dessa trajetória. Sem vocês, nada disso se tornaria REALIDADE! Obrigada!"

     

    "Textão" da cantora em agradecimento a indicação ao Grammy 2017
    "Textão" da cantora em agradecimento a indicação ao Grammy 2017 | Foto: Reprodução

    A produção do dvd foi realizada em parceria com a Fábrica de Eventos. A empresária Bete Dezembro, falou sobre como foram as conversas que anteciparam as gravações. "Marília nos achou, subiu uma vez no palco aqui e adorou a energia de trabalharmos juntas. Foi assim que começamos essa parceria musical e a decisão por gravar o segundo álbum dela aqui. Foi bem trabalhoso, uma grande responsabilidade. Já esperava esse sucesso todo do dvd. A indicação ao Grammy vejo como uma coroação do trabalho".

    A empresária adiantou que para comemorar essa indicação, no próximo dia 7 de Dezembro acontecerá o último sertanejo do ano com Marília Mendonça e a dupla Zé Neto e Cristiano.

    O DVD

     A gravação do segundo álbum da carreira da cantora foi uma mistura de canções inéditas e outros hits já conhecidos pelo público. A conhecida “sofrência” foi marcada por músicas como, “ Eu sei de cor”, “Amante não tem lar” e “Saudade do meu ex".

    A participação especial ficou por conta da dupla sertaneja Henrique & Juliano, com a música “Estação”, que segundo a cantora em declarações, seria uma continuação de outro grande sucesso anterior entre a dupla e a cantora, “Flor e o beija-flor”. A dupla foi quem apresentou Marília ao mercado fonográfico após gravarem a música “até você voltar”.

     

    Henrique & Juliano, Marília Mendonça na gravação do DVD ao vivo em Manaus
    Henrique & Juliano, Marília Mendonça na gravação do DVD ao vivo em Manaus | Foto: Reprodução

    A cantora

    Nascida em  Cristianópolis (GO), Com 12 anos de idade a cantora já compunha as músicas que cantava. Desde cedo ela já colecionava sucessos, como “É Com Ela Que Eu Estou” - gravada por Cristiano Araújo, “Até você voltar” e “Cuida Bem Dela” - sucessos na vozes da dupla Henrique & Juliano.

    Com 20 anos de idade gravou o primeiro DVD com direção musical de Eduardo Pepato e direção de vídeo de Fernando Trevisan, o Catatau. As músicas "Sentimento Louco" e "Infiel", sendo esta última uma das músicas mais tocadas no ano de 2016.

     No começo da carreira a sertaneja fazia uma média de 15 shows por mês. Hoje a rainha da “sofrência” tem cerca de 25 shows mensais em sua agenda, conciliando com participações em programas de tv e entrevistas.

    A cantora também desbanca nas redes sociais. Ela é a brasileira com mais visualizações no YouTube, deixando para trás cantoras internacionais, como Adele, Rihanna e Taylor Swift.

    Leia mais:

    Após 10 anos do sumiço de Shara Ruana família diz que policia ignorou evidencias contra suspeitos

    Auxiliar de manutenção e executado com 5 tiros dentro de casa na zona norte