Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Presos protestam por má qualidade da alimentação

    Detentos reclamaram da qualidade da comida servida – foto: Joel Rosa

    Os detentos do Centro de Detenção Provisória (CDP), localizado no quilômetro 8 da rodovia BR-174 (Manaus-Boa Vista) realizaram mais um protesto que começou de manhã desta terça-feira (29) e só terminou à tarde.

    De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), Márcio Meireles, a revolta começou logo cedo, quando todos os internos recusaram de uma vez o café da manhã e o almoço.

    Após a recusa, eles começaram a bater nas grades, e foi necessária a presença do diretor do Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe), Luiz Henrioque Ossuosky, que iniciou imediatamente uma negociação com os internos.

    Segundo o secretário, os detentos alegaram que estavam insatisfeitos com a qualidade da comida que vem sendo servida diariamente a eles: “A alegação sobre a comida é injustificável, pois uma das questões que temos exigido é justamente a qualidade da comida que tem que ser satisfatória”, afirmou Márcio Meireles.

    A negociação terminou às 17h, quando os presos pararam de bater nas grades, isso depois de terem a garantia do diretor do Desipe que a qualidade da comida seria mantida. Depois, eles aceitaram o jantar.