Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Chuva causa transtorno e prejuízos em Manaus

    Os próximos meses serão de chuvas intensas, segundo previsão do Sipam – foto: Alberto César Araújo
     
    Colisões de veículos, desabamento de rua e retenção do trânsito nas principais vias de Manaus foram algumas das ocorrências durante a forte chuva do fim de tarde e início da noite desta quarta-feira (6).
    Durante a chuva, segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), houve registro de dois capotamentos, um na avenida do Turismo, Zona Oeste e outro na avenida Noel Nutles, Zona Norte. Parte do asfalto na rua Waldemar Marinho, na Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste, cedeu e causou o fechamento da via.
    De acordo com os registros do Instituto, dois veículos colidiram na avenida Rodrigo Octávio, Zona Sul. Também foram registradas retenções nas avenidas Getúlio Vargas, no Centro, Timbiras, Torquato Tapajós, Theomário Pinto, e Djalma Batista.
    Quanto aos capotamentos, o Manaustrans informou que os veículos aquaplanaram na via, fenômeno definido quando as rodas do carro saem do chão e deslizam sobre a pista. No acidente da avenida Noel Nutles, o motorista dirigia uma Hilux cor prata, placa JXF-5124, que  deslizou na pista e capotou duas vezes após bater no meio-fio e entrar na outra via.
    Houve também registro de quedas de energia em pontos localizados. A Eletrobrás Amazonas Energia explicou que registros como estes são comuns durante a chuva e a situação ainda se agrava quando ocorrem colisões de veículos em postes.
    De acordo com a publicação na página do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), este é o período em que as chuvas se intensificam na Região Norte. O trimestre dos meses de fevereiro, março e abril é o mais chuvoso em grande parte da Amazônia. A previsão indica ocorrência de chuvas acima dos padrões climatológicos. Entre eles, destaca-se o sudoeste do Amazonas.