Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Sem Compromisso leva super-heróis para a avenida do samba

    Com o enredo “Máquinas da Liberdade, que incendeiam os corações: a história da motocicleta, desde Leonardo Da Vinci”, a motocicleta foi o tema da G.R.E.S. Sem Compromisso que, mesmo debaixo da chuva que não perdoou nenhuma escola, apresentou um desfile empolgante e bem distribuído, que teve início por volta das 3h30 deste domingo.


    A escola do bairro Nova Cidade, no entanto, ultrapassou em um minuto o tempo de duração do desfile, que é de 70 minutos e deve ser penalizada.


    A comissão de frente retratava a figura de Leonardo da Vinci, artista renascentista, que esboçou os primeiros traços de um veículo de duas rodas. O tucano, símbolo da escola, veio estilizado em um abre-alas que mostrava uma grande máquina.


    O cantor Arlindo Júnior, puxador do samba, afirmou que a Sem Compromisso veio fazendo o que sabe de melhor. “As fantasias estão bonitas, bateria bacanas. Estamos nas cabeças para disputar o título. O enredo é bem distribuído, com o trabalho de nosso carnavalesco e nossos 2,5 mil brincantes vão fazer um Carnaval lindo!”, declarou.


    Mostrando momentos importantes da história, como os Anos Dourados e suas lambretas que encantaram gerações, passando pela Harley Davidson e momentos inusitados como o carro que trazia os super-heróis Motoqueiro Fantasma e Capitão América – que têm como transporte as motos – a Sem Compromisso se mostrou animada, com uma bateria afinada.


    “A nossa bateria veio com muitas surpresas, ainda mais porque é uma bateria nova, formada por ritmistas mais novos lá do (bairro) Nova Cidade, que vieram para somar no nosso Carnaval. Fábricas do polo de duas rodas, como Honda, Yamaha, Suzuki, também ganharam homenagem. Agora que enraizamos, não tem mais quem segure a Sem Compromisso!”, afirmou o mestre Jimmy, responsável por reger a bateria.


    Outro que se mostrou contente por a Sem Compromisso ter encontrado uma comunidade foi o presente da agremiação, Carlinhos Ramalhosa. “Nossa expectativa era mostrar um desfile bem mais bonito.


    Esse ano, o Carnaval foi muito sofrido para todos, ainda mais com essa chuva, mas dentro da medida do possível vamos mostrar um Carnaval bonito, como fazemos todos os anos. E vamos começar a construi nossa quadra no bairro Nova Cidade ainda esse mês – só estamos afinando alguns detalhes”, disse.


    Ao final do desfile, ao ver o tempo no cronômetro, Ramalhosa afirmou que irá tomar as devidas providências, visto que, no cronômetro da própria escola, o desfile aconteceu dentro do tempo previsto em regulamento.