Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Jimmy pode ser inocentado por insanidade

    Jimmy teria apresentado sinais de distúrbios mentais na prisão - foto: Arthur Castro
     
    O publicitário Jimmy Robert de Queiroz Brito, 33, pode ter ser absolvido pelas mortes da própria tia Maria Gracilene Roberto Belota, 52, da prima Gabriela Belota, 25, e do pai, Roberval Roberto de Brito, 63.
     
    Essa possibilidade foi admita pelo advogado Edmilson Lucena, que atua na defesa de Jimmy, depois do mesmo ingressar com um pedido para a realização de exame de sanidade mental de seu cliente no processo junto ao 1º Tribunal do Júri Popular.
     
    O defensor fundamentou seu pedido argumentando que, passado dias confinado a Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Zona Leste, Jimmy passou a apresentar nítidos sinais de distúrbios de origem emocionais e até mesmo mentais.
     
    Edmilson Lucena argumenta ainda que o ato criminoso praticado pelo acusado por si só não é comum, por isso, torna-se essencial um diagnóstico profissional para apuração das condições psíquicasemocionais do Acusado, afim de evitar prejuízos a sua defesa.
     
    "Por isso, acreditando que a comunicação entre o acusado e seus defensores encontra-se prejudicada devido seu aparente desequilíbrio emocional ou de outra causa de origem desconhecida, torna-se necessária perícia técnica", cita o advogado.