Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Prefeitura quer parceria com o setor privado para cuidas das praças de Manaus

    Parque dos Bilhares é um dos lugares que precisam de manutenção - foto: Ione Moreno
     
    Sem cuidados e abandonadas. Essa é a situação da maioria das praças e parques de Manaus. Agora, com uma nova administração, a prefeitura de Manaus pretende buscar no patrocínio de empresas privadas uma solução para cuidar melhor desses espaços públicos.
    "Lamentavelmente, a manutenção desses espaços se torna mais caro para a Prefeitura que a construção de uma nova praça, por isso pretendemos fechar convênios com patrocinadores que, ao lado da ação integrada das secretarias responsáveis, possam administrar as áreas de lazer", disse o prefeito Arthur Virgílio.
    O prefeito informou ainda que está sendo feito um levantamento econômico para se saber, efetivamente, quanto custa a manutenção mensal de cada praça e parque público municipal. Esse estudo servirá de base para a negociação com a iniciativa privada que, caso feche parceria, poderá utilizar o espaço da praça para realizar estratégias publicitárias para divulgar sua marca.
    Enquanto essa estratégia não acontece, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), responsável pela administração das praças, está com um cronograma de atividade de manutenção, principalmente nos banheiros e na rede elétrica desses logradouros.
    Uma das praças a receber manutenção é o Parque dos Bilhares, localizado entre as avenidas Djalma Batista e Constantino Nery, Zona Centro-Sul, que já teve um trabalho de capinação e poda de árvores.Outro parque que necessita de recuperação urgente é o Parque Lagoa do Japiim, no bairro do Japiim, Zona Sul. Moradores próximos ao local reclamam que o lugar foi praticamente abandonado e hoje é frequentado por usuários de drogas.
    A Seminf informou que o Parque Lagoa do Japiim também está no cronograma de recuperação, mas no momento não tem planos concretos para o local.