Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Arthur afirma que aumento da passagem de ônibus é inevitável

    Arthur explicou não haver consenso sobre o aumento do valor – foto: Joel Rosa

    A possibilidade de aumento na tarifa do transporte coletivo foi um dos assuntos citados na coletiva que o prefeito Arthur Neto fez na última quinta-feira (03), na sede da prefeitura de Manaus.

    Arthur explicou não haver consenso sobre o aumento do valor e também lembrou que ainda não teve nenhuma conversa com os empresários do ramo do transporte coletivo.

    Entretanto foi enfático ao afirmar que deve haver um reajuste mais cedo ou mais tarde por causa da inflação. Mas, ressaltou querer antes a contra partida das empresas para saber o que a cidade ganhará com o aumento.

    Em relação ao contrato firmado entre empresas do transporte coletivo e prefeitura, que prevê um reajuste a cada mês de outubro, o prefeito disse que se existe esta cláusula, não foi honrada pela administração anterior.

    Outro assunto abordado foi a desativação dos terminais (1 e 2), que ainda não tem previsão para acontecer, segundo Pedro Carvalho, presidente do SMTU, será: a criação das linhas para interligarem o bairro ao centro; implantação do sistema de integração; além da criação de mais dois terminais em duas zonas distintas.

    Ele também adiantou que estão fazendo estudos para implantação do o Bus Rapid Transit (BRT).