Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Estado promete triplicar número de escolas de tempo integral

    Serão investidos R$ 395,6 mi na construção, reforma e ampliação das escolas – foto: divulgação
     
    Até o início do ano letivo de 2014, o número de escolas de tempo Integral do Estado deve saltar de 25 para 70, praticamente o triplo do que existe hoje.
     
    A meta está inserida no plano de ampliação da rede estadual e melhoria da qualidade do ensino anunciado pelo governador Omar Aziz, que inclui, ainda, a construção de 11 novas escolas no modelo padrão em Manaus, além da reforma e ampliação de outras 56 unidades de ensino, na capital e interior.
     
    Os investimentos na construção, na reforma e ampliação das escolas deve chegar a R$ 395,6 milhões. Parte desses recursos, R$ 273 milhões, o governador Omar Aziz, de forma pioneira no Estado, conseguiu captar de fontes externas.
     
    Com o governo federal foram liberados cerca de R$ 104 milhões para a construção de dez Centros de Educação de Tempo Integral (Cetis), que já se encontram em licitação na Comissão Geral de Licitação (CGL). O Governo do Estado entrará com a contrapartida de 20% sobre o valor, somando R$ 130 milhões o custo das dez unidades.
     
    Outros R$ 169 milhões foram captados com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para financiar mais 13 Cetis, que estão em fase final de projeto para serem encaminhados à CGL até o final do mês de janeiro.  A maioria das novas unidades será para o interior do Estado.
     
    Cetis na capital e no interior
    Entre os dez Cetis em processo de licitação, um deles será para o conjunto residencial Viver Melhor, recém-inaugurado no bairro Santa Etelvina, Zona Norte. Os outros nove são para o interior.
     
    A ampliação do número de escolas tempo integral é uma das prioridades do governador Omar Aziz, que vê nesse modelo um mecanismo para que jovens tenham formação educacional mais completa.