Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Plano de mobilidade para a Copa em Manaus prioriza o transporte coletivo

    Linhas de ônibus serão readequadas no período da Copa - foto: Arquivo EM TEMPO/Shana Reis
     
    Com os projetos do BRT e do Monotrilho prontos somente depois de 2014, a Unidade Gestora da Copa (UGP-Copa) prepara um plano de mobilidade para levar a população para assistir os jogos da Copa do Mundo que acontecerão em Manaus.
    Em coletiva realizada nesta terça-feira (15) nas obras da Arena da Amazônia, o coordenador da UGP-Copa, Miguel Capobiango, afirmou que a população deve priorizar o transporte coletivo para se deslocar ao estádio.
    A prioridade na utilização dos ônibus especiais seria para evitar muito trânsito e congestionamento na cidade nos dias dos jogos.
    De acordo com a UGP-Copa, a estimativa é que 55 mil pessoas compareçam ao estádio, mas a meta é que 69% desse montante priorizem o transporte coletivo.
    Capobiango informou que, assim como acontece com outros grandes eventos na cidade, algumas linhas de ônibus serão readequadas para saírem de todas as zonas da cidade até a Arena.
    Quem possuir ingresso para os jogos poderá pegar os ônibus de graça, já que faz parte do acordo entre a Fifa e o governo brasileiro que todos os que possuírem a entrada tenham transporte gratuito para os estádios.
    Interdição das vias
    Capobiango também informou que será feito um esquema de interdição, seis horas antes dos jogos, nas vias próximas à Arena, entre elas as avenidas Pedro Teixeira, Constantino Nery e Djalma Batista, mas que já há um estudo para diminuir esse horário de interdição.
    "A exemplo do que ocorre no Carnaval, Carnaboi e Boi Manaus, onde mais de 150 mil pessoas vão ao Centro de Convenções (Sambódromo), o trânsito também será alterado para viabilizar o deslocamento do público", afirmou Capobiango.
     
    *Colaborou Luciano Lima