Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Polícia vai investigar morte do homem que roubou viatura

    Após a misteriosa morte de um homem identificado como Edno Castro dos Santos, 22, que roubou uma viatura do Ronda no Bairro neste domingo (20), a polícia informou que investigará o possível envolvimento dos PMs, que teriam agredido Edno.
    Segundo o major Márcio Santiago, comandante da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o caso já foi repassado para a Corregedoria da Polícia, que vai abrir um procedimento de inquérito para investigar a ação dos policiais militares na ocorrência.
    O major, porém, não comentou sobre a possível agressão cometida por parte dos PM's.
    Os moradores e testemunhas que estavam no local, os policiais estariam lanchando em uma padaria quando deixaram a viatura ligada com as portas destravadas.
    Edno roubou a viatura e bateu o carro em uma casa, logo depois ele teve um ataque epilético, mas em seguida tentou sair correndo, quando foi abordado e agredido pelos polícias.
    "Quando ele saiu daqui ele estava machucado, claro, ele bateu violentamente na casa e depois ainda apanhou da polícia, mas não era o caso dele morrer, tanto que ele saiu andando", informou um morador que preferiu não se identificar.
    Edno morreu após ser levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Danilo Correa.
     
    *Colaborou João Pedro Figueiredo