Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Internos tentam fugir de Centro Dagmar Feitoza

    Seas informou que, além dos monitores, há segurança da PM no local, realizada 24 horas por dia – foto: Raphael Alves/arquivo EM TEMPO

    Seis internos do Centro Socioeducativo Dagmar Feitoza, localizado na rua Vivaldo Lima, Alvorada, Zona Centro-Oeste, iniciaram um tentativa de fuga por volta das 18h desta quinta-feira (24). Policiais Militares e seguranças contiveram os adolescentes.

    De acordo com uma moradora que possui um comércio próximo ao Centro Socioeducativo, toda vez que há uma tentativa de fuga a vizinhança que ajuda a chamar atenção dos seguranças e dessa vez não foi diferente.

    “A vizinhança começou a gritar quando viu dois adolescentes pendurados no muro foi então que os seguranças notaram e chamaram a polícia”, afirmou a mulher que pediu para não ser identificada.

    A moradora narrou, ainda, que durante a tentativa de fuga eles gritavam bastante e quebravam as telhas de seus dormitórios. “Enquanto eles chamavam atenção quebrando as telhas, cheguei a ver um caindo”, disse.

    Por meio de uma nota a secretária executiva da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas), Graça Prola, informa que não houve rebelião no Centro Socioeducativo Dagmar Feitoza, houve uma tentativa de fuga de seis adolescentes após o término da atividade esportiva na tarde sendo que três dos jovens foram contidos ainda no térreo do prédio e outros três subiram no telhado, mas foram reconduzidos de forma pacífica aos seus alojamentos.

    A Seas afirmou também que não procede a informação de que não há segurança ou patrulhamento no Centro Socioeducativo Dagmar Feitoza.

    Dentro da unidade, o governo do Estado mantém 12 monitores, que se revezam em três turnos. Também há segurança externa, realizada pela PM em regime de 24 horas.