Fonte: OpenWeather

    Concurso


    IBGE vai selecionar 3.064 pessoas para trabalhar no Censo 2020 no AM

    Os processos seletivos do IBGE começaram no ano passado

    Em setembro, foi realizada uma prova objetiva para contratar dez analistas censitários | Foto: Divulgação/ IBGE

    Manaus- O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), vai realizar novo Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a seleção de pessoas que irão trabalhar na realização do Censo 2020. No Amazonas, o IBGE prevê a abertura de 3.064 vagas de trabalho temporário. As oportunidades serão para Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Recenseador. 

    Foi publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira (5), um extrato de dispensa de licitação da banca organizadora do Processo Seletivo Simplificado do IBGE. Segundo o documento, o Cebraspe foi definido como empresa responsável pelo certame. As datas para o lançamento do edital e para a abertura das inscrições, anteriormente previstas para o fim de fevereiro e início de março, respectivamente, ainda estão em processo de validação.

    Os processos seletivos do IBGE começaram no ano passado. Em setembro, foi realizada uma prova objetiva para contratar dez analistas censitários. Os aprovados integraram a equipe do IBGE no início de outubro. Em dezembro, o Instituto selecionou 37 agentes censitários operacionais e 28 coordenadores censitários de subárea. Os candidatos classificados já estão sendo convocados.

    Nesta nova seleção, as vagas serão distribuídas em todos os 62 municípios do Amazonas. A previsão é que sejam abertas 90 vagas para Agente Censitário Municipal, 342 vagas para Agente Censitário Supervisor, e 2.632 vagas para o cargo de Recenseador. O candidato poderá escolher o município onde deseja concorrer à vaga e, em Manaus, poderá concorrer à vaga na área da cidade que preferir trabalhar (as áreas serão detalhadas no edital).

    Mais informações Os cargos de agente censitário supervisor e agente censitário municipal têm como requisito de escolaridade o nível médio completo. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcional, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação.

    Os selecionados para o cargo de recenseador serão distribuídos para os 62 municípios amazonenses. Segundo o IBGE, a exigência de escolaridade para este cargo é nível fundamental completo. A carga horária é de no mínimo 25 horas por semana, além de participação obrigatória nos treinamentos.

    *Com informações da assessoria