Fonte: OpenWeather

    Oportunidade


    Concurso Senado: saiba qual a provável banca para novo edital

    O edital do novo concurso Senado Federal terá 40 vagas, para cargos de níveis médio e superior. Iniciais até R$ 34,4 mil

    Para quem possui ensino médio, o concurso contará com 24 vagas para o cargo de técnico legislativo nível II | Foto: Divulgação

    Segue em fase final o processo de escolha da banca do aguardado concurso Senado Federal. Embora três empresas ainda estejam na disputa, segundo fontes extra-oficiais, ao que tudo indica, a melhor proposta e que tende a ser acatada é a do Cebraspe. Além dele, ainda concorrem o Idecan e a Fundação Getúlio Vagas (FGV). Após a confirmação da empresa poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

    Ao todo serão oferecidas 40 vagas efetivas, sendo 24 para cargos com exigência de ensino médio e 16 de nível superior, além de formar cadastro reserva de pessoal. As remunerações, reajustadas recentemente, chegam a R$ 34.443,96. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

    Recentemente foi divulgado o projeto básico da seleção, que revela dados importantes aos interessados, incluindo como serão os exames para cada cargo, disciplinas cobradas e prazos de aplicação de provas, a partir da efetiva publicação do edital de abertura de inscrições.

    Para quem possui ensino médio, o concurso contará com 24 vagas para o cargo de  técnico legislativo nível II - policial legislativo. Neste caso, o inicial, atualizado, agora passa a ser de R$ 21.181,21, considerando salário de R$ 4.874,87, gratificação de atividade legislativa de R$ 9.788,12, gratificação de representação de R$ 2.521,02 e gratificação de desempenho de R$ 2.924,92,além de vale-alimentação de R$ 982,28.

    Para analista legislativo, de nível superior, serão 12 postos, sendo 2 para a área de administração, 1 para arquivologia,  1 para assistente social, 1 para contabilidade, uma para enfermagem, 1 para informática legislativa, 2 para processo legislativo, 1 para registro e redação parlamentar, 1 para engenharia do trabalho e 1 para engenharia eletrônica e telecomunicações. Para estas carreiras, o inicial é de R$ 27.218,91, incluindo salário básico de R$ 7.056,51, gratificação de atividade legislativa de R$ 10.804,35, gratificação de representação de R$ 4.141,67 e gratificação de desempenho de R$ 4.233,90, além do vale alimentação de R$ 982,28

    Por fim, ainda para quem possui nível superior, o concurso contará com 4 vagas para advogados. O inicial é de R$ 34.433,96 incluindo salário de R$ 7.970.84, gratificação de atividade legislativa de R$ 14.946,02, gratificação de representação de R$ 5.762,32 e gratificação de desempenho de R$ 4.782,50, além dos R$ 982,28 de vale-alimentação

    A comissão do concurso é presidida pelo servidor Roberci Ribeiro de Araújo, tendo como vice-presidente o servidor Kleber Minatogau. Agora, além de Beatriz Balestro Izzo e João Pedro de Souza Lobo Caetano, integram a comissão Leonardo Souza de Oliveira, Rafael Pimente Weitzel, Roberci Ribeiro de Araújo e Rodrigo Galha.  Saiu do grupo o servidor Everaldo Bosco Rosa Moreira.

    Um ponto importante, confirmado recentemente pelo presidente da comissão, Roberci Ribeiro de Araújo, é que a aplicação das provas ocorrerá em todas as capitais. "A exemplo dos certames de 2008 e 2011, a possibilidade maior é de que a prova, ou pelo menos a primeira fase objetiva, seja disponibilizada em todas as capitais brasileiras", disse.