Fonte: OpenWeather

    Educação


    Quer estudar na Irlanda ganhando 1.700 Euros? Saiba como se inscrever

    Capes selecionará 30 educadores brasileiros para um intercâmbio de 12 meses no país europeu

    Os selecionados estarão em um centro educacional de ponta e conhecerão diretores, coordenadores e supervisores de diversas nacionalidades | Foto: Divulgação

    Manaus - A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – por meio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) – abriu as inscrições para o Programa de Desenvolvimento de Profissionais da Educação Básica na Irlanda, que levará 30 diretores, coordenadores ou supervisores pedagógicos brasileiros para um intercâmbio de 12 meses no país europeu. Ao todo, seis vagas serão destinadas à região Norte.

    As inscrições seguem até as 18h do dia 30/5, pelo link https://bit.ly/2VRT6OW.

    O programa tem o objetivo de promover a capacitação de profissionais que atuam na educação básica das redes pública ou privada (sem fins lucrativos) e em colégios militares. As aulas, que iniciam no dia 2 de agosto na Mary Immaculate College, na cidade de Limerick, visam desenvolver nos participantes habilidades de liderança e gestão pedagógica, além de um treinamento intenso na língua inglesa.

    “É uma oportunidade única para os profissionais da área da Educação no Amazonas. Essa troca de experiências em nível mundial enriquecerá bastante a prática pedagógica no Brasil. Afinal, [os selecionados] estarão em um centro educacional de ponta e conhecerão diretores, coordenadores e supervisores de diversas nacionalidades”, contou Adriana Moreno, diretora do Centro de Formação Profissional Pe. José Anchieta (Cepan), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM).

    Requisitos 

    Os interessados em se candidatar ao Programa de Desenvolvimento de Profissionais da Educação Básica na Irlanda deverão atender a alguns requisitos, entre eles: ter obtido nota mínima estabelecida para o teste de proficiência em língua inglesa (TOEFL IBT, TOEFL ITP e IELTS); comprovar, no ato da inscrição, estar exercendo o cargo de diretor, coordenador ou supervisor pedagógico; e elaborar um projeto de trabalho para aperfeiçoamento em gestão pedagógica, a partir da sua própria experiência profissional e realidade socioeducacional.

    Estas e outras informações podem ser conferidas no edital do programa, disponível no link https://bit.ly/2GumxBy.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais

    Inscrições gratuitas para o ‘Inova Manaus' encerram neste domingo

    Sejusc busca incentivar a independência financeira para mulheres

    UEA abre 145 vagas para especializações no Amazonas