Fonte: OpenWeather

    Internet


    Operadora conquista 2 mi de clientes de internet por fibra ótica

    A fibra ótica é o principal pilar do plano de transformação da companhia

    Números foram divulgados pelo Bernardo Winik, vice-presidente de clientes da empresa, em coletiva de imprensa | Foto: Divulgação

    A Oi acaba de atingir a marca de 2 milhões de clientes de sua internet de alta velocidade, a Oi Fibra. O resultado foi alcançado apenas 8 meses depois de a companhia ter registrado, em abril, o primeiro milhão de clientes do serviço, com um volume de aquisições sem comparação no mercado de internet de altíssima velocidade. A fibra ótica é o principal pilar do plano de transformação da companhia, com soluções para fins residenciais, empresariais e corporativos. O desempenho do produto evidencia o sucesso da estratégia e a correta execução do plano, que tem como objetivo transformar a Oi em uma das mais relevantes empresas de infraestrutura e serviços digitais do país.

    A Oi manterá o alto investimento que vem fazendo em fibra e continuará expandindo o serviço em 2021. O planejamento da companhia é ao longo do próximo ano lançar a Oi Fibra em 94 novas cidades, distribuídas em todas as regiões do país, e ampliar o atual número de 134 municípios atendidos com Fiber To The Home (FTTH) para 228 municípios, até o fim de 2021. Além disso, a companhia planeja elevar o número de residências e empresas aptas a contratar sua internet de fibra ótica, que atualmente é de 8,7 milhões de endereços (homes passed, no jargão em inglês), para mais de 14,5 milhões, até o final do ano que vem.

    Lançada em 2018, a Oi Fibra se expandiu rapidamente e vem demonstrando seu potencial de democratizar o acesso da população à mais moderna tecnologia de conexão de internet, impulsionada pelo seu diferencial competitivo de uma rede de transporte com mais de 400 mil quilômetros de extensão e pela alta qualidade de conexão, associada à robustez da tecnologia de fibra até a casa/empresa do cliente e do modem dual band com wifi up.

    “A situação que o mundo está atravessando este ano, por conta da pandemia, mostrou de forma definitiva como a agenda da conectividade de alta qualidade e disponibilidade é essencial para todos, sejam empresas, sejam pessoas, sejam entidades públicas e governo. A Oi tem consciência de sua responsabilidade e do papel que ela pode ter para o avanço digital do país, incluindo as diversas frentes de impacto em saúde, educação, economia, segurança, comunicação, informação ou entretenimento. Estamos muito felizes que os nossos esforços para ampliar o acesso à banda larga por fibra estejam sendo reconhecidos pelo mercado e que a companhia esteja no caminho certo da execução de seu plano de transformação”, avalia Rodrigo Abreu, presidente da Oi.

    A base de clientes da Oi Fibra cresceu 200% durante 2020 (até hoje), adicionando cerca de 1,3 milhão de novos clientes durante os últimos 11 meses. Em função disso, a companhia foi a única entre as principais operadoras a aumentar participação no mercado de ultra banda larga em 2020. Considerando os números mais recentes, (referentes ao encerramento do 3º trimestre de 2020), a Oi adicionou cerca de 20% mais clientes do que a soma de todas as grandes operadoras de ultra banda larga.

    A Oi Fibra já é a preferida dos clientes em 13 capitais do país, liderando o market share nas cidades de Belém (65%), Belo Horizonte (44%), Boa Vista (94%), Brasília (38%), Maceió (35%), Manaus (42%), Palmas (42%), Porto Velho (84%), Recife (36%), Rio de Janeiro (51%),  Salvador (49%), São Luís (66%) e Rio Branco (78%). Esse desempenho também se refletiu na receita, que cresceu quase cinco vezes nos últimos doze meses, atingindo R$ 402,3 milhões, e um valor de receita anualizada futura já superior aos R$ 2 bilhões. “Os resultados obtidos até aqui nos fortalecem e nos encorajam ainda mais a alcançar nosso objetivo de fazer da Oi a principal referência em infraestrutura e serviços digitais do país”, afirma Abreu.

    A estratégia de fibra da Oi prevê não só a expansão de um serviço com altíssima qualidade e estabilidade, mas seu contínuo aperfeiçoamento, incorporando inovações tecnológicas em transmissão de dados. A companhia está participando de um grupo mundial, liderado pelo ETSI, de padronização e criação de um serviço de fibra de 5ª geração, chamado de F5G. Como parte dessa evolução, a Oi pretende lançar no primeiro semestre de 2021 a mais nova tecnologia de internet fixa, o XGS-PON. O F5G possibilita alcançar taxas de transmissão de dados superiores a 1 Gbps por cliente, podendo alcançar até 10 Gbps por cliente. 

    *Com informações da assessoria