Fonte: OpenWeather

    Economia


    Seduc abre seleção para professores temporários

    Processo é para selecionar professores para cadastro reserva - foto: divulgação/Seduc
     
    A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) lançou Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação temporária de professores para atuar na capital e no interior do Amazonas. Na mesma oportunidade a Secretaria lança também um processo de seleção para a contratação de estagiários de ensino médio para atuar especificamente na capital.
     
    A seleção para um banco de cadastro do órgão, que convocará os candidatos aprovados conforme a necessidade do órgão.
     
    Os interessados em participar do PSS para professor deverão se inscrever gratuitamente, pela internet, no período de 18 a 21 de fevereiro, no endereço eletrônico www.concursoscopec.com.br.
     
    Após o preenchimento do formulário, o candidato deverá imprimir o documento e efetivar sua inscrição entregando-o juntamente com os documentos pessoais (cópias), comprovante de escolaridade e currículum, entre os dias 18 e 22 de fevereiro nos postos de recebimento da capital e do interior indicados no edital.
     
    Conforme a comissão organizadora do certame, ao se inscrever via internet é necessário que o candidato da capital faça a opção pela zona geográfica da cidade que desejará atuar. Para os do interior, caso haja interesse em atuar no projeto Ensino Mediado por Tecnologias (que é aplicado em comunidades rurais) é necessário que o candidato indique o nome da comunidade na qual deseja atuar.
     
    Para a capital, a Seduc está abrindo vagas para professores que desejam atuar nas habilitações de Língua Inglesa, Física, Química e Sociologia e na Educação Especial (nas habilitações de Língua Portuguesa, Matemática e Linguagem Brasileira de Sinais-Libras).
     
    Para o interior, as vagas estão disponíveis para docência nas áreas de Educação Especial (Matemática, Língua Portuguesa e Libras), além dos componentes curriculares de Artes, Ciências, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Matemática e Biologia. Para a Educação Escolar Indígena, que conta com um edital específico, há oportunidades para atuação no Ensino Fundamental e Ensino Médio, com vagas para professores indígenas e não indígenas.
     
    A remuneração dos candidatos aprovados e que forem futuramente convocados varia entre R$ 1.099,96 e R$ 1.345,01, valores correspondentes a 20h de atividades semanais.