Fonte: OpenWeather

    Economia


    Polo naval do Amazonas terá protótipos para produção em larga escala

    Ao todo são 40 projetos criados por tecnólogos da UEA – foto: Divulgação
     
     
    O polo naval a ser implantado na orla do bairro Puraquequara, Zona Leste, ganha neste primeiro semestre de 2013 o reforço de 40 graduados do curso de tecnologia em construção naval da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que elaboraram projetos de navegação fluvial, com base na realidade amazônica.
    As apresentações dos projetos serão realizadas de 4 a 8 de fevereiro, sempre a partir de 13h, em Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus), município onde o curso foi ministrado.
    Com temas envolvendo a produção industrial de empurradores fluviais, barcos de passageiro/iate, barcos mistos para passageiro e carga, ferry boats, entre outros, os tecnólogos projetaram miniaturas em alumínio, madeira e aço totalmente viáveis destinadas à escala industrial.  
     “Durante o desenvolvimento do projeto os alunos tiveram que dimensionar desde as linhas do casco, compartimentos, até o melhor sistema de propulsão a ser utilizado pela embarcação”, explica o coordenador pedagógico do curso, professor Alex Monteiro dos Santos.  O curso superior de tecnologia em construção naval da UEA iniciou em 2009, em caráter especial, no município de Novo Airão,  cidade com forte tradição em construção de embarcações de madeira.
     Para dar continuidade na formação de recursos humanos da área, a UEA inicia neste ano, a primeira turma do curso de engenharia naval, ofertado na Escola Superior de Tecnologia.