Fonte: OpenWeather

    Emprego e energia


    Construção de linhas de transmissão vai gerar 3 mil empregos no AM

    O anúncio é do senador Eduardo Braga. Será investido, ao todo, R$ 1,5 bilhão nas obras estruturantes para construir linhas de transmissão com interligação com usinas do Pará e Rondônia

    Senador Eduardo Braga acompanhado de diretores das agências reguladoras
    Senador Eduardo Braga acompanhado de diretores das agências reguladoras | Foto: Divulgação

    Manaus - O senador Eduardo Braga (MDB/AM) anunciou, nesta quarta-feira (05), que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai realizar um leilão, em 20 de dezembro, para a construção de linhas de transmissão de energia no Amazonas. Será investido, ao todo, R$ 1,5 bilhão nas obras estruturantes. O senador disse ainda que isso vai gerar mais de 3 mil empregos diretos no estado.

    As interligações previstas são as seguintes:  a da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, com Parintins; a das usinas de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia, com Humaitá, além de novas linhas na Região Metropolitana de Manaus, que vão melhorar a qualidade do fornecimento de energia na capital e arredores.

    “Esta é uma grande vitória. Um avanço extraordinário. Eu ainda estava no Ministério de Minas e Energia quando começamos a aprovar os estudos que autorizam a Aneel a fazer esse leilão”, disse o senador, acompanhado por três diretores da agência reguladora – André Pepitone (diretor-presidente), Efrain Pereira e Rodrigo Limp. 

    Confira o anúncio no link, clique aqui. 

    Sonho antigo

    Eduardo lembrou que a expansão do Linhão de Tucuruí até Parintins é uma ideia antiga. “Ela já havia sido leiloada, foi vencida por uma empresa espanhola (Abengoa), que, lamentavelmente, quebrou e precisou entregar a concessão para a Aneel. "Representa um presente de Natal importante para a terra do Garantido e do Caprichoso e para as cidades vizinhas, como Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Maués, Urucurituba e outras”, disse.

    Impulso na economia

    Segundo ele, a linha de transmissão para Humaitá deve impulsionar o mercado local. “É um ganho fenomenal. Um sonho tão importante quanto o asfaltamento da BR-319. Assim, teremos energia elétrica mais eficiente e mais barata, atraindo indústrias e prestadores de serviço”, afirmou.

    Leia mais:

    Eduardo Braga diz que Paraguai é ameaça à Zona Franca de Manaus

    MDB lança pré-candidaturas no AM e confirma Braga para o Senado

    Hidrelétrica de Balbina foi um crime ambiental, diz Eduardo Braga