Fonte: OpenWeather

    Economia


    Vigilantes decidem iniciar greve no próximo dia 13

    Agências bancárias serão as mais afetadas com a paralisação dos vigilantes – foto: Alberto César Araújo
     
    Sem chegar a um acordo com a classe patronal sobre os 30% de periculosidade previstos na Lei 12.740/2012, os vigilantes entrarão em greve na quarta-feira da próxima semana, dia 13.
    A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (5), durante assembleia no Sindicato dos Vigilantes do Amazonas (Sindevam).
    Segundo o presidente do Sindevam, Valderli Bernardo, a greve vai iniciar por volta das 6h, com mobilização na praça Heliodoro Balbi (praça da Polícia), reunindo cerca de 4 mil vigilantes.
    “A lei que trata desse direito dos vigilantes foi aprovada, sancionada e publicada em dezembro, mas até o momento os patrões não aplicaram o percentual aos salários dos trabalhadores. Eles alegam que é preciso uma norma que regulamente a lei”, argumentou o sindicalista.
     
    Dos 17mil vigilantes do Amazonas, pelo menos 13mil estão em Manaus. A paralisação da categoria deve comprometer o funcionamento das agências bancárias e também o abastecimento de caixas eletrônicos na capital, devido á falta de segurança para o transporte de valores.