Fonte: OpenWeather

    cruzeiros


    A beleza manauense como principal atrativo ao turismo internacional

    Ao todo, 18 mil turistas são esperados na Temporada 2018/2019. Maioria deles são dos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Canadá

    A atual temporada iniciou em novembro e segue até abril de 2019 | Foto: Divulgação/Semcom/ Marinho Ramos

    Manaus - A capital amazonense entrou definitivamente na rota dos cruzeiros turísticos. Na última sexta-feira (7), os navios M/S Seven Seas Navigator e M/V Viking Sea atracaram no porto de Manaus, juntando-se ao francês Le Champlain, que chegou à cidade na quinta (6).

    Somadas, as três últimas embarcações que integram a Temporada de Cruzeiros 2018/2019 trouxeram 2.380 turistas vindos dos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Canadá. A atual temporada iniciou em novembro e encerra em abril de 2019, com a previsão de que devem aportar 15 transatlânticos com mais de 18 mil turistas.

    Com mais de 280 estrangeiros a bordo, entre passageiros e tripulantes, o navio M/V Le Champlain foi projetado para expedições. Iniciou seu itinerário em Caiena, na Guiana Francesa, com destino final em Manaus, e trouxe a bordo visitantes em sua maioria franceses.

    Entre casais de idosos e grupos de jovens, acompanhados de guias exploradores do próprio navio e guias locais, os turistas planejam ter uma nova experiência com a natureza e a cultura amazônica. É o caso do canadense Sveng Robinson.

    Os turistas disseram que procuram ganhar uma experiência incomum na Amazônia
    Os turistas disseram que procuram ganhar uma experiência incomum na Amazônia | Foto: Divulgação

    “É uma visita muito curta, mas eu estou ansioso para conhecer a reserva florestal (Museu da Amazônia) e depois andar pela cidade, ver algumas paisagens, locais famosos e conhecer as pessoas. Manaus é uma cidade com uma ótima reputação, e por isso estou empolgado”, afirmou.

    Roteiro especial

    O roteiro dos turistas incluiu uma visita ao Museu da Amazônia, na Reserva Florestal Adolpho Ducke, saindo diretamente do porto, e também ida ao Teatro Amazonas, assim como um city tour pelos principais atrativos turísticos da cidade como o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, Palácio Rio Negro, Praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia) e o mais novo e tecnológico Museu da Cidade de Manaus, no Paço da Liberdade.

    Boa parte dos visitantes optou por um passeio nas embarcações regionais com destino às belezas naturais como caminhada na selva, interação com os botos, visita a comunidades indígenas, encontro das águas e lago Janauary.

    O itinerário de passeio inclui nado com boto, visita ao Teatro Amazonas e ao Museu da Amazônia
    O itinerário de passeio inclui nado com boto, visita ao Teatro Amazonas e ao Museu da Amazônia | Foto: Divulgação/Semcom/Altemar Alcântara

    Quem escolheu conhecer o centro urbano da capital, compareceu ao Teatro Amazonas, Museu do Índio, Centro de Instruções de Guerra na Selva (Cigs) e Bosque da Ciência.

    Atualmente cerca de 30 policiais militares fazem parte da Polícia Turística (Politur), com treinamento específico para o atendimento de ocorrências envolvendo estrangeiros que visitam o Amazonas e chegam pela capital amazonense.

    Turistas satisfeitos

    Uma pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (IFPEAM) constatou que para os turistas nacionais o maior nível de satisfação é com a hospedagem (90,1%), hospitalidade manauara (87,1%), gastronomia (86,1%), aeroporto (83,7%), guia e monitores (81,1%). ]

    Já os estrangeiros consideraram positivo os atrativos naturais, culturais, gastronomia, aeroporto e diversão noturna, todos com 100%. Os dados fazem parte do estudo Comportamento do Turismo na Região Metropolitana de Manaus, divulgado esta semana.

    Leia mais

    Experiência é a chave do sucesso para o turismo brasileiro

    Mais de 1,2 mil americanos e canadenses chegam a Manaus

    FIEAM realiza seminário para diversificar a economia do Amazonas