Companhia aérea


MAP Linhas Aéreas recebe 12 slots no aeroporto de Congonhas

Companhia aérea se prepara para atuar em uma das pontes aéreas mais importantes do país

MAP atende 14 cidades no Amazonas e Pará | Foto: Divulgação

Manaus - A MAP Linhas Aéreas, companhia que atua na região Norte, recebeu 12 dos 41 slots (horário de pouso e decolagem) do aeroporto de Congonhas, distribuídos pela Agência Nacional da Aviação Civil (Anac). A informação foi divulgada pelo órgão na última quarta-feira (31).

O aeroporto de Congonhas é um dos mais importantes para o mercado de voos domésticos, operando na ponte aérea Rio-São Paulo. Para o CEO da MAP, Héctor Hamada, a decisão da agência é positiva para os passageiros.

“A maneira como os slots foram distribuídos pela Anac favorecem o consumidor, que ganha mais opções de companhias atuando. Além disso, é uma forma de garantir a competitividade saudável do mercado”, destacou.

Ele explica que, agora, os slots aprovados serão analisados para posteriormente definir o início da operação, dentro do prazo estabelecido pela Anac.

A aeronave destinada para atender a operação será o modelo ATR 72, com capacidade para 70 passageiros. Héctor adianta que a companhia já contratou a tripulação para iniciar a operação em Congonhas.

Atuação

Atualmente, a MAP atende 14 cidades dos estados do Amazonas e Pará. A companhia interliga destinos na região Norte do país. Recentemente, assinou acordo de codeshare com a GOL, permitindo a conexão de 11 destinos dos estados onde a MAP opera com as demais regiões do país. Nesse ano, a MAP também recebeu a recertificação IOSA, que atesta a excelência técnica e padrão de qualidade e segurança operacional.

Outras companhias 

Pela redistribuição da Anac, a Azul Linhas Aéreas ficou com 15 dos slots de Congonhas, enquanto a Passaredo recebeu 14. Dessas, apenas a Azul está entre as três maiores companhias aéreas brasileiras. 

Com informações da assessoria*