Fonte: OpenWeather

    FEBRE AFTOSA


    Produtores têm até o dia 31 para imunizar rebanho

    Oito municípios estão obrigados a atender chamado da campanha “Amazonas sem Febre Afotosa”

    São quase 17 mil bovídeos que precisam tomar a dose da vacina contra a febre aftosa | Foto: Tácio Melo/Secom

    Manaus - Os criadores de bovinos e bubalinos dos municípios de Barcelos, Carauari, Juruá, Novo Airão, Presidente Figueiredo, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá devem vacinar seus animais de todas as idades, até o dia 31 de maio. A campanha “Amazonas sem Febre Aftosa”, que teve início no dia 1º deste mês, é coordenada pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf).

    Ao todo, 442 propriedades rurais e 16.791 bovídeos estão envolvidos nesta primeira etapa. “Alertamos aos produtores rurais que estão em campanha agora nesse mês de maio que devem realizar essa vacinação, adquirindo a dose da vacina, até o dia 31 de maio, e fazendo a declaração junto aos escritórios da Adaf até o dia 15 de junho. Portanto, não percam o seu prazo e garantam a imunização do seu rebanho contra febre aftosa”, alertou o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo.

    Para a aquisição das doses da vacina, o produtor rural deverá ir a um dos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) ou em casas agropecuárias credenciadas pela Adaf em seu município. O preço é de R$ 1,90 a R$ 2,10 por dose (2 ml).

    Declaração

    A declaração da vacina deve ser realizada em uma das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) da Adaf ou em um dos escritórios do Idam, órgãos integrantes do Sistema Sepror.

    Atendimento

    Devido às medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Adaf orienta aos produtores rurais que o atendimento na Agência e no Idam deverão ser agendados previamente por meio do WhatsApp de cada instituição.


    *Com informações da assessoria