Fonte: OpenWeather

    Pandemia


    Ainda dá tempo de pedir o auxílio emergencial? Prazo termina em...

    Antes do prazo terminar, que tal tentar "a sorte" e ser beneficiado com o maior programa social do Governo Estado por calamidade pública

    Até agora 64,1 milhões de pessoas já receberam alguma parcela do auxílio
    Até agora 64,1 milhões de pessoas já receberam alguma parcela do auxílio | Foto: Divulgação


    O prazo para pedir o auxílio emergencial de R$ 600 termina daqui a três dias, no dia 2 de julho. É o que prevê a lei que autorizou o benefício pago em três parcelas para diminuir o impacto da pandemia do coronavírus na população de baixa renda. O pedido pode ser feito por meio do aplicativo, site da Caixa ou nas agências dos Correios. E quem solicitar até essa data receberá as três parcelas.

    Leia também: 32 pessoas são presas por receber auxílio indevidamente no AM

    Até agora 64,1 milhões de pessoas já receberam alguma parcela do auxílio, num total de R$ 89,3 bilhões. Estão em primeira análise 1,8 milhão de inscritos pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal. Mais 1,3 milhão de pessoas estão em reanálise pela Dataprev, empresa responsável por avaliar os dados.

    Quem tem direito?

    Para ter direito ao benefício é preciso estar desempregado, ou ser microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual da Previdência Social e trabalhador informal. Além de pertencer à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).

    O benefício é pago em três parcelas de R$ 600, mas esse valor sobe para R$ 1.200 nos casos de mães responsáveis pelo sustento da família.

    Quem deseja solicitar essa renda deve fazer a inscrição no site auxilio.caixa.gov.br ou baixar o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, que está disponível para os sistemas Android e IOS.

    *Com informações do R7

    Leia mais: 

    Você sabia? saque da 3ª parcela pode demorar quase três meses

    Saque emergencial do FGTS começa a ser liberado na segunda